AchèAchè
    search
    Título

    Tenho diabetes e glaucoma, o que fazer?

    Saúde Ocular

    Por

    O glaucoma é considerado a segunda maior causa de cegueira no mundo, com incidência estimada de 1% a 2% da população em geral, aumentando esse percentual após os 40 anos de idade.

    Os principais fatores associados ao surgimento do glaucoma são:

    • Idade;
    • Etnia negra;
    • PIO aumentada;
    • Miopia;
    • Diabetes Mellitus,;
    • Histórico familiar de glaucoma;
    • Espessura corneana diminuída.

    O Diabetes Mellitus é considerado um problema de saúde pública mundial, crescente e importante, independente do grau de desenvolvimento dos países. É caracterizado pela concentração de glicose aumentada no sangue podendo ser consequente da secreção insuficiente de insulina, da resistência à ação da insulina, ou a ambos. Antes de entendermos mais sobre a relação entre glaucoma e diabetes, é importante sabermos quais são os tipos de Diabetes². 

    O que é Diabetes? 

    Diabetes Mellitus (DM) é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade da insulina exercer adequadamente seus efeitos. A insulina é produzida pelo pâncreas e é responsável pela manutenção do metabolismo da glicose e a falta desse hormônio provoca déficit na metabolização da glicose e, consequentemente, diabetes. Caracteriza-se por altas taxas de açúcar no sangue (hiperglicemia) de forma permanente. 

    Conheça os dois tipos de Diabetes: 

    Diabetes Tipo 1:

    Em algumas pessoas, o sistema imunológico ataca equivocadamente as células beta do pâncreas. Logo, pouca ou nenhuma insulina é liberada para o corpo. Como resultado, a glicose fica no sangue, em vez de ser usada como energia. O diabetes Tipo 1 corresponde a 5 e 10% dos casos da doença. 

    Diabetes Tipo 2:

    O diabetes mellitus tipo 2 é marcado por hiperglicemia, resultante de defeitos na secreção e/ou ação da insulina em tecidos alvos. A prevalência e a incidência desse tipo de diabetes vêm aumentando de forma alarmante no mundo. Alimentação saudável e a prática de exercício físico são muito importantes na prevenção e tratamento desta doença, proporcionando uma melhor qualidade de vida. 

    Qual a relação entre a diabetes e o glaucoma: 

    Glaucoma e diabetes mellitus são duas doenças crônicas comuns na Europa e no mundo que requerem terapia intensiva. Vários mecanismos fisiopatológicos têm sido discutidos que favorecem o desenvolvimento do glaucoma, especialmente na presença de diabetes mellitus. Além da terapia endocrinológica puramente oftalmológica, a carga psicológica de duas doenças crônicas também deve ser considerada e incluída no plano terapêutico individual. 

    Fui diagnosticado com Glaucoma. O que fazer? 

    Em todos os casos de diagnósticos de glaucoma é fundamental que o paciente compreenda a importância de aderir ao tratamento de forma adequada. Em relação ao tratamento medicamentoso, por exemplo, o paciente deve compreender que a aplicação diária do colírio será algo permanente em seu dia a dia, e que essa rotina não pode ser descumprida de forma alguma. Outro fator fundamental para quem possui o diagnóstico de glaucoma, é a consulta frequente com o médico oftalmologista, para avaliar o grau de evolução da doença e a resposta ao tratamento. 

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes