AchèAchè
    search
    Título

    Maio é o mês de combate à asma: conheça as principais dicas para controlar a doença

    Asma e Bronquite
    Sintomas

    Por

    A asma é uma doença crônica que afeta a saúde das vias aéreas e, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), seus principais sintomas são falta de ar, tosse, chiado e sensação de aperto no peito. Como maio é o mês do combate à asma e pensando em ajudar pessoas asmáticas a conviverem melhor com a doença, o Cuidados Pela Vida conversou com a imunologista Tessa Rachel Tranquillini Gonçalves, que ensinou algumas dicas importantes para controlar as manifestações desse problema. Confira!

    Qual é a importância do tratamento da asma para o paciente?

    Quem tem asma não pode ignorar a existência da doença. É muito importante manter o tratamento com um médico especialista para o controle dos sintomas da asma. “Dessa forma, o paciente pode exercer todas as suas atividades do cotidiano, inclusive esportes de alto rendimento, sem se preocupar com as crises”, afirma Dra. Tessa.

    A imunologista, membro do Departamento Científico de Asma da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), garante que uma pessoa com a asma controlada consegue levar uma vida normal, com noites tranquilas de sono e sem tossir, e ainda praticar exercícios físicos. “Ela também tem uma melhora na qualidade de vida, diminuindo as hospitalizações, faltas ao trabalho e à escola”, informa a médica. 

    Quais são as principais medidas para controlar a asma?

    Dra. Tessa indica as principais medidas para controlar a doença:

    – uso correto da medicação profilática;
    – adesão ao tratamento da asma;
    acompanhamento com médico especialista de forma regular.

    “É importante saber que, ao longo do tempo, a gravidade da asma pode variar e, assim, a necessidade do acompanhamento regular pode aumentar ou diminuir os steps de tratamento (uso de medicações). Evitar exposição ao seu desencadeante, que acaba variando de pessoa para pessoa,” também é uma medida indicada pela especialista. Os causadores de crises mais comuns entre os asmáticos são: ácaros, poluição, exposição à fumaça do cigarro, mofo, bolor, pelos de gatos e de cachorro, pólen e mudanças no clima.

    Sendo assim, para manter o controle da asma, também é fundamental manter o ambiente livre de pó, arejado, fazer o uso de capa antiácaros em colchões e travesseiros e retirar tapetes e cortinas que acumulam poeira.

    O que pode atrapalhar o controle da asma no dia a dia?


    A asma é uma doença respiratória que precisa ser levada muito a sério para evitar todas as suas complicações. Por isso, a imunologista faz o alerta do que pode atrapalhar no controle dessa condição no dia a dia:

    – Usar medicação somente nos momentos de crises;
    não ter um acompanhamento médico regular;
    – ser exposto ao fator desencadeante do problema.

    Siga a terapia corretamente e tenha uma vida mais saudável com a asma sob controle. 

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT): https://sbpt.org.br/portal/espaco-saude-respiratoria-asma/

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes