Crise de asma: Existem sintomas que precedem a falta de ar?

  • +A
  • -A

A asma, segundo o Ministério da Saúde, é uma doença que não tem cura. No entanto, seu tratamento, quando feito não só com medicamentos, mas também com medidas educativas, pode dar mais qualidade de vida ao paciente. É importante, por exemplo, conhecer os sintomas que indicam a aproximação de uma crise de asma para agir rapidamente e, assim, tentar evitá-la

Crise de asma começa com tosse e cansaço


“Existe um período de 7 a 10 dias antes do
episódio de crise de asma conhecido como janela de oportunidade, que é quando o quadro de crise tem início e o paciente começa a apresentar alguns sintomas. Geralmente, os sintomas são cansaço e, às vezes, tosse com mais frequência e chiado no peito”, afirma o pneumologista José Roberto Megda Filho. 

Com o avanço da crise de asma, o paciente começa a sentir também falta de ar e passa a ter a respiração rápida e curta. No entanto, de acordo com o médico, é possível evitar a instalação completa da crise se o asmático for bem orientado por seu pneumologista e se conseguir agir rapidamente, logo que sentir os primeiros sintomas. 

Mudanças nas medicações podem evitar a crise


“Na maioria dos casos, esses quadros já vêm associados a alergias ou infecções virais. Então, quando o paciente vê que está começando a ficar ruim, ele tem algumas medidas para adotar. Ele pode, principalmente, aumentar a dose do
corticoide inalado que já usa continuamente”, recomenda o profissional. 

Além disso, o asmático pode recorrer também a um broncodilatador. Caso não haja uma melhora em 48 ou 72 horas, é possível utilizar um corticoide sistêmico via oral, cujo uso será orientado pelo pneumologista. Vale lembrar que, qualquer alteração no tratamento, como aumento das doses ou troca de medicações, deve ser indicada e autorizada pelo médico. 

 

Dados do Ministério da Saúde: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/asma

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. José Roberto Megda Filho

Dr. José Roberto Megda Filho

Pneumologia

CRM: 147197 / SP

TAGS
asma
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Crise de asma: Existem sintomas que precedem a falta de ar?"

ODAIR BORGES

Crise de Asma já fiquei muitas Noites Sem dormir com falta de ar com a boca aberta sem conseguir respirar. E ATÉ HOJE NÃO FUI CURADO CONDO CHEGA O TEMPO FRIO A CRISE VEM JUNTO. E PESIMO.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Odair. Em dias onde a temperatura e umidade do ar estão baixas, como nos dias típicos de outono e inverno, as doenças respiratórias costumam acometer os pacientes. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o índice ideal da umidade do ar para manter a saúde é em torno de 60%. Nesta época do ano, esse volume cai para 30% e, com isso, os problemas respiratórios e as infecções por vírus e bactérias se tornam mais frequentes. Lembrando que a asma pode ser controlada, é indispensável a realização de uma consulta médica para que o profissional avalie qual tratamento é indicado para sua situação. Desejamos melhoras. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.