AchèAchè
    search
    Título

    Asma: Como os corticosteroides ajudam a controlar a doença?

    Asma e Bronquite

    Por

    A asma, segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), é uma doença comum causada pela inflamação das vias aéreas, estruturas responsáveis por levar o ar para os pulmões, provocando falta de ar, tosse e chiado no peito. O tratamento da doença é necessário para  manter a qualidade de vida dos pacientes e, nesse sentido, os corticosteroides são muito importantes.

    Corticosteroides podem ser consumidos de diferentes formas


    O objetivo do uso dos corticosteroides varia de acordo com a forma de consumo desses medicamentos. “Podem ser utilizados por via endovenosa, intramuscular, inalatória ou oral. A utilização por via endovenosa é, geralmente, para melhorar
    crises de broncoespasmo em um pronto-socorro. Também podem ser utilizados na manutenção do tratamento quando consumidos por via inalatória”, afirma o pneumologista Eduardo Martinelli.
    Quando são administrados via inalatória, os corticosteroides atuam na prevenção do processo inflamatório dos brônquios que caracteriza a asma. Já quando são consumidos pela via endovenosa, esse tipo de medicação age para tratar a crise de broncoespasmo. “Nesses casos, a resposta é rápida e em torno de 5 a 10 minutos o paciente já tem efeitos satisfatórios”, explica o médico.
    Não são todos os asmáticos que precisam recorrer aos corticosteroides durante o tratamento da doença. Segundo o especialista, a escolha da medicação pelo médico depende da intensidade dos sintomas e da frequência com que eles aparecem. Esses fatores também influenciam na escolha dos corticoides como tratamento ou prevenção.

    Conheça outras etapas importantes do tratamento da asma


    Durante a consulta, o pneumologista levará esses fatores em consideração para propor também o uso de outras classes de remédios, como
    os broncodilatadores. Além disso, medidas não medicamentosas devem fazer parte do tratamento, como evitar o contato com alérgenos (mofo, poeira, ácaros, poluição) e praticar atividades físicas, como a natação.

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT): https://sbpt.org.br/portal/publico-geral/doencas/asma-perguntas-e-respostas/
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes