search
    Título

    Por que a endometriose pode causar dor durante ou após o sexo?

    Endometriose

    Por Dra. Cláudia Navarro

    22 de novembro de 2018

    A cada dez mulheres brasileiras, uma sofre de endometriose, segundo dados do Ministério da Saúde. A doença provoca o crescimento do endométrio para fora do útero, onde normalmente é encontrado. O problema é conhecido por provocar dores intensas, que podem surgir durante e depois do sexo, atrapalhando ou até mesmo inviabilizando a vida sexual das mulheres acometidas.

    Endometriose afeta a vida sexual das mulheres

    “São vários os fatores que podem estar envolvidos na dor, como presença de aderências, liberação de substâncias inflamatórias e lesões profundas atingindo a parede intestinal ou bexiga. Essas dores podem ser potencializadas com movimentos, inclusive durante a relação sexual”, afirma a ginecologista Cláudia Navarro.
    A dor durante o sexo é chamada de dispareunia. Ela é mais comum no período pré-menstrual e é tão forte que pode diminuir a vontade da mulher de manter relações sexuais, atrapalhando sua autoestima e a vida a dois. A dor no sexo pode também facilitar o desenvolvimento de sintomas depressivos e ansiosos, bastante comuns nos quadros de endometriose.

    Endometriose causa ainda outros tipos de dores

    Para piorar a situação das mulheres, é importante lembrar que a doença não provoca apenas dor durante o sexo. Os sintomas vão muito mais além. “As dores da endometriose variam de paciente para paciente, tais como dores abdominais, nas costas, nas pernas, ciclo menstrual dolorido, dores de cabeça e fadiga”, explica a médica.
    Procurar um especialista para receber o diagnóstico e iniciar o tratamento é a melhor forma de combater os mais diversos tipos de dores causados pela endometriose. “Quando o problema principal é a dor, os tratamentos geralmente irão suprimir a menstruação com o uso de medicamento específico. Entretanto, há outros tratamentos, como acupuntura, terapias de calor, fisioterapia e eletroestimulação”, completa Cláudia.
    Dra. Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos é ginecologista e obstetra, com ênfase em Reprodução Assistida, graduada e especializada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). CRM-MG: 21198
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Tags
    dor
    endometriose
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes