Quem tem pais com osteoporose deve se preocupar mais com a doença?

  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença que diminui a densidade mineral dos ossos, deixando o esqueleto, com o passar do tempo, cada vez mais fraco. Um dos fatores de risco para a doença é a hereditariedade. Logo, quem tem pais com osteoporose deve ficar mais atento ao quadro e procurar ajuda médica o quanto antes.  

Hereditariedade é um fator de risco para osteoporose


“Se os pais têm osteoporose, os filhos possuem um risco maior de ter a doença também. Ela é transmitida de geração para geração”, afirma o ortopedista Gustavo Dalla. Nestes casos, é muito importante se expor ao sol, principalmente durante a manhã ou no fim da tarde. “Os raios ultravioleta estimulam a maturação da
vitamina D na pele e é ela que carrega o cálcio para dentro do osso”, completa o médico. 

Outro fator que ajuda a evitar a osteoporose e que deve estar no radar de quem tem pais com a doença são os exercícios físicos. “A prática de exercícios de baixo impacto, para não ter nenhuma lesão ou outro problema mais grave, é de longe o fator que mais protege”, informa Dr. Dalla, que recomenda a caminhada e a hidroginástica. 

Pais com osteoporose devem estimular hábitos saudáveis nos filhos


Filhos com pais comprovadamente com osteoporose, que começam a controlar a alimentação, a se expor ao sol com segurança e a fazer exercícios físicos desde cedo conseguem evitar o desenvolvimento da patologia. Mas, por mais que esses hábitos devam ser adotados desde a infância, o especialista explica que a
osteoporose não afeta jovens com frequência, mas sim, pessoas a partir da meia-idade e da velhice: “Aí sim, é preciso redobrar a atenção”. 

Essa recomendação vale especialmente para as mulheres, já que o fator hormonal é a principal influência para o desenvolvimento da osteoporose e é nelas que esse fator se mostra mais preocupante. “A gente orienta muito para que mulheres a partir da menopausa comecem já a fazer os exames que ajudam a diagnosticar a osteoporose, como a densitometria óssea”, aconselha o ortopedista. 


Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Gustavo Dalla Bernardina de Almeida

Dr. Gustavo Dalla Bernardina de Almeida

Ortopedia e Traumatologia

CRM: 11271 / ES

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Quem tem pais com osteoporose deve se preocupar mais com a doença?"

Noemia Emília Weber

Preciso de uma orientacao sobre o problema da osteoporose pois tenho 67 anos e tenho problema nos joelhos falta de cartilagem e pais com osteoporose

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Noemia. Indicamos que realize uma consulta presencial, um especialista habilitado será capaz de informa-la melhor. Confira o link abaixo, onde o médico faz alguns apontamentos sobre as principais formas de se prevenir contra a osteoporose, e as medidas tratamentos. Abraços! https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/doencas-dos-ossos/principais-formas-prevencao-osteoporose

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.