AchèAchè
    search
    Título

    É possível desenvolver osteoporose antes da terceira idade?

    Uncategorized

    Por

    A osteoporose é uma condição que afeta os ossos, deixando-os frágeis e porosos. A densidade mineral óssea vai progressivamente se desgastando, tornando os ossos mais suscetíveis a fraturas. É uma das doenças mais comuns entre pessoas a partir dos 60 anos, especialmente mulheres.

    Embora frequente associada ao envelhecimento do corpo, a geriatra Aline Ferreira afirma que doença também pode atingir pessoas mais jovens. “É incomum, mas existem indivíduos que desenvolvem osteoporose e fraturas antes dos 60 anos, ou seja, antes que as alterações musculoesqueléticas próprias do envelhecimento apareçam. Esses indivíduos são aqueles que não atingiram o pico de massa óssea adequado na juventude e que, associado a problemas genéticos ou hábitos de vida desfavoráveis, podem apresentar casos de diminuição de massa óssea e fraturas”, explica.

    Osteoporose primária e secundária: Qual a diferença?


    Durante toda a vida, os ossos passam por um processo gradativo de renovação no qual as células ósseas removem os tecidos gastos ou lesionados e substituem por tecidos novos e sadios. Com o tempo, a formação de células novas diminui e o processo de remodelação óssea se altera, resultando em ossos mais porosos e pouco resistentes. A osteoporose primária se caracteriza por essa condição manifestada de uma forma ainda mais intensa.

    A osteoporose secundária, que também pode se desenvolver em jovens e adultos, ocorre quando a degradação do tecido ósseo é resultado de outras doenças. “Ela é definida quando existe uma causa subjacente associada à perda de massa óssea, entre as causas possíveis estão a menopausa precoce, uso crônico de corticoides, doenças reumáticas inflamatórias, problemas gastrointestinais que limitem a absorção de cálcio, hipertireoidismo, etc”, informa a médica.

    Tratamento medicamentoso e cuidados do dia a dia são fundamentais


    A melhor forma de evitar as fraturas e outras complicações causadas pela osteoporose é diagnosticá-la logo no início. É imprescindível o acompanhamento com um especialista para indicar o melhor tratamento para cada caso. Em quadros de osteoporose primária, o tratamento baseia-se no uso de medicamentos que retardam o desgaste ósseo aliado a uma alimentação rica em cálcio e vitamina D,
    nutrientes importantes para o fortalecimento dos ossos. Já os casos de osteoporose secundária costumam ser mais complexos, pois envolvem uma investigação para identificar a origem do problema.

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes