Por que ainda não existe cura para a DPOC? Especialista explica!

  • +A
  • -A

A DPOC, ou doença pulmonar obstrutiva crônica, é um grupo de doenças que ataca o sistema respiratório e que é formado, principalmente, pelo enfisema pulmonar e pela bronquite crônica. Embora a Medicina já tenha feito muitos avanços no diagnóstico e no tratamento do problema, ainda não existe cura para a DPOC. Continue lendo para saber o porquê!

DPOC causa danos permanentes no sistema respiratório

“A DPOC é uma doença irreversível, que causa a destruição dos alvéolos pulmonares. Eles não se regeneram. Por isso, não existe cura”, esclarece o pneumologista Paulo Faleiros. O hábito de fumar e o contato com a poluição atmosférica inflamam os pulmões de forma crônica, levando à destruição dos alvéolos, estruturas responsáveis pelas trocas gasosas. Como consequência, há um prejuízo significativo do funcionamento dos pulmões, o que dificulta a respiração.

“A DPOC pode levar a sintomas muito desagradáveis, como tosse e falta de ar. A pessoa pode ficar dependente de oxigênio e até evoluir para morte”, alerta o especialista. Para retardar o aparecimento dos efeitos da doença, é fundamental procurar ajuda médica. “O tratamento da DPOC deve ser feito com broncodilatadores inalatórios, que vão melhorar os sintomas e a qualidade de vida. Outras medicações, como corticoide inalatório, podem ser usadas em uma parcela menor dos pacientes”, afirma o pneumologista. 

Outra medida fundamental não só para tratar a DPOC mas também para evitar a doença é parar de fumar, uma vez que 80% dos casos são provocados pelo tabagismo, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT). 

29 de agosto – Dia Nacional de Combate ao Fumo

Com a aproximação do dia 29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo, torna-se ainda mais importante falar sobre os malefícios provocados pelo cigarro. A data foi criada em 1986 e, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), tem como objetivo reforçar as ações de sensibilização e mobilizar a população a respeito dos danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. 

São inúmeros os problemas provocados pelo hábito de fumar: mau hálito, envelhecimento precoce da pele, amarelamento dos dentes, aumento do risco de desenvolver psoríase, câncer de pulmão e de ter um quadro grave de COVID-19 são apenas alguns exemplos citados pelo Inca. Quem deseja parar de fumar pode iniciar o tratamento gratuito pelo SUS. 

 

Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT): https://sbpt.org.br/portal/dia-mundial-dpoc-2018/ 

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca): https://www.inca.gov.br/assuntos/dia-nacional-de-combate-ao-fumo

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Paulo Faleiros

Dr. Paulo Faleiros

Pneumologia

CRM: 123869 / SP

TAGS
bronquite
cigarro
dpoc
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Por que ainda não existe cura para a DPOC? Especialista explica!"
Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.