Como funcionam os remédios broncodilatadores?


  • +A
  • -A

Algumas doenças respiratórias, como a asma e a bronquite, provocam a inflamação das vias respiratórias e bloqueiam a passagem de ar do nariz para os pulmões. O pneumologista Rodrigo Athanazio compara o sistema respiratório humano com um sistema de tubulação formado por anéis musculares: quando expostos a substâncias irritativas, os músculos se contraem e atrapalham a circulação do ar.  

A falta de oxigênio impede o funcionamento adequado do organismo, mas os pacientes podem utilizar remédios broncodilatadores para tratar o problema. “Os broncodilatadores são medicamentos que atuam nos brônquios, levando ao seu relaxamento e, consequentemente, ao aumento do calibre das vias aéreas”, explica Athanazio. Boa parte das doenças que atingem o trato respiratório pode ser tratada com esses remédios, como asma, enfisema, bronquiolite e bronquite crônica.

Os tipos de broncodilatadores

Os medicamentos broncodilatadores são divididos em duas categorias. “Os de curta duração são mais usados para alívio imediato dos sintomas. Costumamos chamar de terapia de resgate, quando o paciente deve usá-los para tratamento de uma piora dos seus sintomas em relação ao que está acostumado a sentir”, afirma o pneumologista. Sua ação tem início rápido e não dura mais que quatro horas.

Por outro lado, os broncodilatadores de longa duração têm efeito mais duradouro, em torno de 12 horas, que pode chegar até a 24 horas, como é o caso dos medicamentos desenvolvidos recentemente. Eles devem ser usados como terapia de manutenção, para controle contínuo dos sintomas das doenças respiratórias. Por causa de seu efeito mais lento, que leva alguns minutos para atingir o ápice da ação, eles não são indicados para tratar crises.

 

Dr. Rodrigo Abensur Athanazio é formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutorado em Pneumologia pela Universidade de São Paulo (USP). CRM-SP: 122658

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
asma
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

5 comentários para "Como funcionam os remédios broncodilatadores?"

Luis Antonio de Sales

Esclareceu minhas dúvidas. Ótimo.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Luis Antonio, continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Sandra

Meu filho de apenas 4 anos sofre muito com asma, é o unico que nasceu com asma, pois eu também tenho. Ultimamente ele ta tendo muitas crises e tossindo muito a noite, o alergista passou a clenil e salbutamol uso continuo, loratadina e prednisolona em casos de crises, minha preocupação é que é muito novinho pra usar tantos corticóides.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Sandra, o uso pode ser seguro desde que feito sob orientação do médico. Se você se sentir insegura, retorne em consulta com o médico que prescreveu o tratamento para que ele possa esclarecer suas dúvidas. Abraços.

Caio

Tenho 21 anos, Sempre tive asma (não aguda) crônica. Fiz tratamento com corticoides Quando tinha 13 anos(sim os mais “perigosos”) com devido acompanhamento médico especializado.Tenho 178 de altura e nunca tive problemas de peso. ou etcEntão essa historia que faz mal… galera vamos pensar né . Se o médico que passou então ele sabe oq está fazendo, agora o problema de TODOS os medicamentos são quando sao utilizados sem recomendação médica!.Outra coisa se alguém já fez tratamento , sempre vai ter mais propriedade pra falar doque esses textos de internet !. TOme cuidado internet qualquer digita qulquer coisa

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.