Quais áreas da pele sofrem mais com o ressecamento?

  • +A
  • -A

As partes do corpo mais suscetíveis ao ressecamento são os joelhos, cotovelos, pernas e pés. Isso acontece porque essas áreas possuem menos glândulas sebáceas, que são responsáveis pela produção da oleosidade natural do corpo, que lubrifica e impermeabiliza a pele.

Coceira, rachaduras e descamação são alguns dos problemas causados pela pele seca. O ressecamento pode ser um sinal de que o corpo está desidratado e ainda favorecer o aparecimento de doenças de pele, uma vez que a condição compromete a barreira de proteção contra fungos e bactérias. Por isso, hidratar bem a pele é mais que um cuidado estético, já que tem impactos diretos na saúde.

Cosméticos hidratantes devem ser usados logo após o banho


“Essas áreas devem ser hidratadas com cremes dermatológicos diariamente. Devem-se evitar os banhos quentes e o uso de buchas, porque ressecam mais. Além disso, é interessante o uso de sabonetes dermatológicos específicos para esses casos”, indica a dermatologista Marcela Benez. O momento ideal para aplicar os cremes ou loções é logo após o banho, porque a pele ainda está úmida e, dessa forma, o produto consegue aprisionar a água, amplificando a sua ação. 

Fatores que contribuem para o ressecamento da pele


Algumas práticas como o tabagismo, tomar sol sem proteção e ficar excessivamente exposto a ambientes refrigerados prejudicam a hidratação da pele. Por isso, é altamente recomendado por especialistas incorporar hábitos que previnam o ressecamento, ou seja, além de usar os produtos tópicos hidratantes, o paciente deve ingerir boas quantidades de água, ter uma alimentação balanceada e rica em vitaminas A e C, que são nutrientes que auxiliam na renovação e fortalecimento da pele. 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Marcela Benez

Dra. Marcela Benez

Dermatologia

CRM: 52802263 / RJ

TAGS
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais áreas da pele sofrem mais com o ressecamento?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.