search
    Título

    Quando devo procurar um nutricionista? Este especialista pode te ajudar a viver melhor!

    Uncategorized

    Por

    Você já se perguntou “quando devo procurar um nutricionista?” A resposta é: agora! Buscar  ajuda desse profissional é extremamente importante se o seu objetivo for conquistar uma vida mais saudável. Com sua expertise e conhecimento, o nutricionista é capaz de oferecer orientações personalizadas de acordo com as necessidades e a realidade de cada paciente, ajudando a ter uma alimentação saudável, a tratar doenças, a ganhar ou perder peso e, consequentemente, a melhorar a qualidade de vida. 
    O Cuidados Pela Vida, em parceria com a nutricionista Adriana Ávila, preparou um artigo incrível sobre como o profissional em Nutrição pode ajudar nessa jornada rumo a uma vida mais saudável. Ainda esclarecemos a diferença entre nutricionista e nutrólogo – muita gente pensa que é a mesma coisa. Desvende essas e outras questões a seguir!

    Quando procurar um nutricionista?

     

    Existem diversos sinais que podem indicar a necessidade de buscar a orientação de um nutricionista, como a dificuldade em perder ou ganhar peso, alterações no apetite ou na digestão e alguma doença crônica, como diabetes e hipertensão. Adriana listou os sintomas de alerta mais frequentes para uma consulta com esse profissional:
    – Azia;
    – queimação;
    – gases;
    – refluxo;
    diarreia;
    – intestino preso;
    – intolerância à lactose ou ao glúten;
    alergia alimentar;
    – alterações nos exames laboratoriais, como glicose, hemoglobina glicada, colesterol total e frações, triglicérides, ácido úrico, ureia, creatinina e hemograma (anemia);
    – baixo peso ou excesso de peso (pré-obesidade ou obesidade);
    – perda de massa muscular;
    deficiência de vitamina D ou de outras vitaminas ou minerais.

    Como um nutricionista pode melhorar a sua qualidade de vida?

     

    A orientação de um nutricionista pode mudar seu dia a dia para melhor, já que esse especialista é responsável por incentivar uma transformação completa na qualidade de vida dos seus pacientes. De acordo com Adriana, esse profissional tem o dever de: “Fracionar a alimentação das pessoas ao longo do dia, criar horários regulares para se alimentar, estimular a mastigação lenta e a hidratação adequada”. 
    A nutricionista dá ainda outras dicas importantes: “Também é importante variar o máximo possível os alimentos e a forma de preparo dos mesmos, evitar picar demais as verduras, legumes e frutas para que não percam as fibras”. Além disso, é necessário que as refeições sejam bem coloridas e apetitosas, o que facilita a aceitação alimentar, principalmente das crianças. 

    Benefícios de seguir um plano alimentar personalizado por um nutricionista

     

    Ter um plano alimentar personalizado significa atender as necessidades de cada pessoa dos seguintes pontos de vista:
    – físico: peso adequado, abaixo ou acima dos parâmetros, circunferência abdominal adequada ou acima do limite da normalidade;
    clínico: patologias existentes;
    – laboratorial: alterações nos exames de sangue e/ou de urina. 
    “O plano alimentar individualizado atenderá as necessidades do paciente, a distribuição das refeições e seus horários segundo a sua rotina, os tipos de alimentos a serem escolhidos e a forma de preparo. Quanto mais conseguirmos contemplar todos esses aspectos, melhor a pessoa seguirá o plano alimentar instituído”, esclareceu a especialista. Para surtir efeito, é importante que a pessoa participe junto com o nutricionista para a definição deste plano. 
    Veja os benefícios de adotar uma dieta personalizada:
    – conquista de um peso mais saudável;
    – 
    melhora na digestão;
    – funcionamento intestinal adequado;
    normalização dos exames laboratoriais;
    – melhora do ânimo para a realização de tarefas diárias;
    melhor qualidade do sono.
    Resumindo: você terá muito mais saúde, bem-estar e qualidade de vida e longevidade. Que tal marcar uma consulta com o nutricionista?

    Qual é a diferença entre nutricionista e nutrólogo?

     

    Muitas pessoas confundem os termos nutricionista e nutrólogo e acham que essas especialidades têm a mesma função na manutenção da saúde do paciente. Mas, a verdade é que elas são bem diferentes. O nutricionista é um profissional formado em Nutrição, que estuda a relação entre os alimentos e o organismo. Ele é responsável por avaliar o estado nutricional de um indivíduo, preparar dietas e orientar sobre a importância de ter hábitos alimentares saudáveis.
    Já o nutrólogo é um médico que se especializa em Nutrologia, uma área que estuda a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de doenças relacionadas à alimentação, suplementação e estilo de vida. Então, enquanto o nutricionista é focado na alimentação e na nutrição, o nutrólogo tem uma visão mais clínica e pode prescrever medicamentos ligados à alimentação.

    Como o nutricionista e o nutrólogo podem trabalhar em conjunto?

     

    O nutricionista e o nutrólogo podem trabalhar juntos para proporcionar um tratamento mais completo ao paciente. Adriana revela o papel do nutricionista nesse tratamento: “Contribuir para a disseminação dos conhecimentos de nutrição e alimentação saudáveis, sempre respeitando os hábitos alimentares e os aspectos culturais e religiosos que permeiam a alimentação das pessoas”. Já o nutrólogo pode realizar exames específicos e prescrever suplementos nutricionais, quando necessário.
    A ideia do trabalho interdisciplinar é somar esforços para um bem comum, que é o de proporcionar ferramentas para que a pessoa que procura por estes profissionais tenha autonomia para fazer suas escolhas alimentares. Assim, é possível obter melhores resultados em um tratamento e alcançar uma vida mais saudável.

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes