search
Título

Qual o papel dos corticoides no tratamento de doenças pulmonares como a DPOC?

Uncategorized

Por

A DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) é um quadro inflamatório dos pulmões que, em muitos casos, está ligado ao tabagismo. Os corticoides são medicamentos indicados para pacientes com este problema, pois atuam como anti-inflamatórios. Com o seu uso, o indivíduo consegue respirar com mais facilidade e ter melhor qualidade de vida, no geral.  

Corticoides e DPOC

“As medicações de controle, também denominadas ‘de prevenção’, são tomadas diariamente, em longo prazo, para alcançar e manter o controle das doenças pulmonares persistentes. Isso inclui os agentes anti-inflamatórios (corticoides inalatórios) e os broncodilatadores de longa ação”, informa o pneumologista Mauro Gomes.
O especialista explica que os anti-inflamatórios atuam prevenindo e suprimindo a inflamação das vias aéreas. Com isso, reduzem a sensibilidade das mesmas aos fatores desencadeantes das crises. “Broncodilatadores de longa ação não revertem a inflamação, mas dilatam as vias aéreas de maneira prolongada”, completa.

Tratamento da DPOC

Apesar de serem muito importantes nesse tipo de quadro, os corticoides não são a única medida indicada no tratamento de doenças como asma e DPOC. É importante também evitar os agentes desencadeadores das crises, o que pode ser feito com cuidados rotineiros de nível higiênico e de saúde, no geral.  
“Deve-se manter o ambiente doméstico e profissional livre dos fatores desencadeantes das crises, como os alérgenos (poeira, pó, ácaros), fumaça de cigarro e a presença de animais, além de tomar a medicação orientada pelo seu médico. Um grande número de pacientes não toma os remédios como recomendado, o que resulta em um tratamento insatisfatório”, conclui Gomes.
Foto: Shutterstock

Newsletter
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes