AchèAchè
    search
    Título

    Quais são os primeiros passos do tratamento de parasitoses intestinais?

    Saúde Gastrointestinal

    Por

    De acordo com a Sociedade Brasileira de Infectologia, as parasitoses intestinais se associam a quadros de diarreia crônica e desnutrição, sendo um dos principais fatores debilitantes da população. Portanto, é necessário ter atenção aos sintomas e procurar o quanto antes suporte médico para que diagnóstico e tratamento sejam iniciados o quanto antes.

     

    Principais cuidados do tratamento e formas de prevenção


    “Além da utilização de medicação antiparasitária, é fundamental ter alguns cuidados no tratamento das parasitoses. Manuseio adequado dos alimentos, ingestão de água filtrada e lavar sempre as mãos, principalmente antes do contato com alimentos e após utilizar o banheiro, são os exemplos mais relevantes”, informa o gastroenterologista Alexandre de Sousa Carlos.

    Inclusive, esses cuidados são indicados não somente no tratamento, mas também na prevenção das parasitoses intestinais. Como a infecção é causada pelo contato com água, alimentos e solo contaminados, a maior higiene do próprio corpo e de tudo o que for ingerido aumentará significativamente as chances de você se ver livre do problema.
    No geral, o tratamento contra as parasitoses intestinais é eficiente e resolve o problema sem grande complicação, mas se você não aderir corretamente a esse tratamento e iniciá-lo o quanto antes, ou nem mesmo segui-lo, estará correndo risco de sofrer com alguma complicação mais séria no organismo. O risco é potencializado se o parasita em questão for mais perigoso.

     

    Diarreia é problema maior para crianças com parasitoses intestinais


    Tendo em vista que a maior parte das parasitoses intestinais cursa com diarreia, é crucial que no tratamento esteja incluído a indicação de hidratação, já que há perda de líquido considerável envolvida.
    No caso das crianças, isso se torna ainda mais preocupante pela fragilidade do organismo e da imunidade dos pequenos. Por mais que a diarreia infantil seja comum, pode ser grave e até mesmo fatal caso os cuidados necessários não sejam tomados.  

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Infectologia: https://www.infectologia.org.br/pg/827/parasitoses-intestinais  
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes