AchèAchè
    search
    Título

    Quais são as causas mais comuns de osteoartrite secundária?

    Doenças dos Ossos
    Sintomas

    Por

    A osteoartrite secundária, assim como a sua forma primária, se caracteriza por um processo de desgaste da cartilagem, tecido que protege os ossos, levando a inchaços, dores e dificuldade na mobilidade articular. No entanto, diferentemente da versão idiopática, ou seja, sem causa conhecida específica, essa manifestação da doença tem causas conhecidas e pode atingir pessoas de todas as idades.

    “Esse tipo de osteoartrite é decorrente de outras doenças. Elas lesionam a articulação levando ao desgaste da cartilagem como um processo secundário, como ocorre, por exemplo, nas doenças traumáticas, inflamatórias, como a artrite reumatoide, as chamadas de microcristalinas, como a gota, e outras doenças inflamatórias da articulação”, explica a reumatologista Licia Mota.

    Atividades físicas intensas podem ser fatores de risco para osteoartrite secundária


    Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), o funcionamento da articulação deve ocorrer dentro de seus limites fisiológicos, ou seja, exercícios intensos e repetitivos podem lesioná-la gerando um trauma agudo ou crônico. Atividades laborais ou
    esportivas que exigem muito de quem as pratica podem ser determinantes para o dano, já que o corpo pode receber forças que excedem a capacidade que a junta tem de se proteger, através de seus músculos satélites, cápsula e tendões, impactando diretamente as cartilagens.

    Pessoas com alterações articulares hereditárias, congênitas ou derivadas de algum caso clínico devem tomar um cuidado maior com práticas que forcem as juntas. Para avaliar a possibilidade de desenvolvimento de osteoartrite por meio da atividade física, é necessário consultar um especialista, que vai avaliar as condições das articulações de cada indivíduo. 

    Perda de peso é importante para auxiliar o tratamento e reduzir os sintomas


    Nas osteoartrites de membros inferiores, principalmente nos joelhos, a obesidade pode ser um fator causal, ou, frequentemente agravante. Por isso, a redução da ingestão calórica é importante para reduzir a carga nas articulações, especialmente no joelho, que é uma das áreas mais afetadas pela doença e mais prejudicadas pelo sobrepeso ou obesidade.


    Dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR):
    https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/osteoartrite-artrose/

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes