AchèAchè
    search
    Título

    Por que os remédios para tratamento do herpes com lisina são eficazes?

    Uncategorized

    Por

    O tratamento contra o vírus do herpes tem como uma das principais medidas o uso de medicamentos específicos. Dentre estes, aqueles que contém a substância lisina na composição são apontados pelos especialistas como os mais mais interessantes. Isso se deve ao fato da lisina, segundo estudos, ter a capacidade de reduzir a carga viral do herpes.

    Lisina no tratamento do herpes


    “A lisina é um aminoácido que pode ser encontrado em diversos alimentos e é muito conhecida por suas propriedades antivirais”, afirma o dermatologista Bruno Vargas. “Dentre os alimentos ricos em lisina, podemos destacar os seguintes: leite, soja, peru, ovo, carne vermelha, peixe e queijo”, informa o profissional.

    Mais especificamente, a lisina age reprimindo a multiplicação do vírus do herpes, o que, consequentemente, implica na diminuição da frequência dos episódios da infecção. Além disso, o consumo de lisina também ajuda na redução da gravidade dos sintomas e do tempo necessário para as feridas cicatrizarem, em situações de crise, principalmente.

    Cuidados rotineiros para controle dos sintomas


    Além do tratamento medicamentoso, é fundamental que o
    paciente com herpes adote em seu dia a dia todos os cuidados necessários para controle dos sintomas. Não tocar nas feridas, evitar compartilhar objetos pessoais e não beijar pessoas com lesões ativas são alguns exemplos desses cuidados, apontados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

    De acordo com a SBD, também é importante só manter relação sexual com preservativo, não utilizar objetos íntimos de outras pessoas e não tocar na pele de pacientes com a doença em sua fase ativa. O portal da instituição também ressalta que os sintomas do quadro são infectantes sempre que as vesículas estiverem presentes com seu conteúdo líquido. 

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD):

    https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/herpes/68/

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes