AchèAchè
    search
    Título

    Por que o cigarro pode causar enfisema pulmonar?

    Asma e Bronquite
    Sintomas

    Por

    Não é de hoje que as principais organizações de saúde ao redor do mundo alertam para os riscos que o cigarro traz ao corpo, não só piorando mas também causando doenças, como câncer de pulmão, laringe e faringe; hipertensão arterial e até mesmo contribuindo para o desenvolvimento da osteoporose. O enfisema pulmonar é outro problema que resulta do tabagismo e faz parte de um grupo de doenças chamado de DPOC.

    Enfisema provoca falta de ar e tosse com chiado

    “Chamamos de DPOC, doença pulmonar obstrutiva crônica, este quadro de tosse e falta de ar provocado pela bronquite crônica e pelo enfisema pulmonar, associado a alterações no exame de espirometria“, afirma o pneumologista Ciro Kirchenchtejn. As substâncias tóxicas presentes no cigarro são as responsáveis pelo desenvolvimento do enfisema.

    Ao serem inaladas, os agentes tóxicos inflamam os alvéolos pulmonares, que se tornam rígidos e aumentam de tamanho, destruindo o tecido pulmonar. Como consequência, o oxigênio não consegue entrar em contato com o sangue, prejudicando o funcionamento dos pulmões e de todo o sistema respiratório. Respiração ofegante, chiado no peito e falta de energia também são sintomas de enfisema pulmonar.

    Parar de fumar evita piora do enfisema pulmonar

    “O principal tratamento é parar de agredir o pulmão com o cigarro. Mas, hoje temos vários medicamentos e cuidados que prolongam e dão qualidade de vida aos portadores de enfisema”, afirma o profissional. O uso de broncodilatadores de ação prolongada, por exemplo, ajuda a aliviar os sintomas da doença.

    No outono e no inverno, devido ao frio e ao acúmulo de poluentes, as crises do enfisema pulmonar podem piorar. “Vale a pena aos fumantes procurar um clínico ou pneumologista para receber orientação sobre como parar de fumar e evitar essas exacerbações”, recomenda o especialista. Além disso, é importante ficar de olho em outras doenças associadas ao tabagismo, como a doença coronariana e os diversos tipos de câncer.

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes