AchèAchè
    search
    Título

    Mito ou verdade: O corpo passa a perder colágeno a partir dos 30 anos?

    Uncategorized

    Por

    O colágeno corresponde a cerca de um terço das proteínas do corpo humano. Ele pode ser encontrado na pele, ossos, músculos, cartilagens e tem uma importante função estrutural, garantindo a integridade e a sustentação dos tecidos. O desgaste dessa cadeia de aminoácidos afeta diretamente a saúde do organismo, o que preocupa muitas pessoas. Será que é verdade que a partir dos 30 anos de idade o corpo começa a perder o colágeno?

    “A perda inicia aos 30 anos, mas tem seu processo acelerado após os 50 anos, em função também dos declínios hormonais”, afirma a reumatologista Carla Dionello. Segundo a médica, a síntese do colágeno é afetada não só pelo envelhecimento, mas também pela má alimentação. “Essas alterações não são perceptíveis na infância e adolescência, mas vão ficando evidentes na maturidade, fase na qual a ingestão alimentar pode se modificar e não ser suficiente para se adequar às necessidades recomendadas tanto de energia, quanto de nutrientes necessários”, explica.

    Entenda os riscos da perda do colágeno


    A diminuição do colágeno no corpo se inicia nessa idade, mas pode ser intensificada devido a hábitos prejudiciais como sedentarismo, tabagismo e uso de álcool. Um dos efeitos agudos da perda de colágeno ocorre nas articulações, já que a substância é extremamente importante para as cartilagens que amortecem os impactos e impedem o atrito entre os ossos. O desgaste da cartilagem, por sua vez, é uma das principais características observadas em quadros de osteoartrite, que pode causar perda de mobilidade, inchaço e dor nas articulações.

    Uma alimentação saudável e rica em vitamina C pode ajudar


    Manter uma alimentação balanceada e diversificada é uma das formas mais recomendadas de evitar a acentuação dessa perda e prevenir doenças osteoarticulares. “O balanço adequado de proteínas e carboidratos se faz necessário. Além disso, a
    suplementação de colágeno hidrolisado e proteínas pode ajudar a retardar o processo”, diz Dra Carla.

    Nesses casos, a vitamina C também é importante, porque ela atua na síntese do colágeno, garantindo que suas fibras adquiram estabilidade e firmeza. Essas características são essenciais para manter tendões e ligamentos saudáveis. A vitamina C pode ser encontrada em alimentos como laranja, acerola, limão, morango, abacaxi, entre outros.

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes