AchèAchè
    search
    Título

    Imunidade infantil: Como preparar as crianças para a chegada do outono?

    Saúde Infantil

    Por

    Chegou o outono! Com a mudança de estação, bate aquela preocupação nos pais: como preparar a saúde das crianças para as temperaturas mais frias e para o ar mais seco? As doenças de outono e inverno são muito frequentes nos pequeninos e exigem maiores cuidados dos responsáveis para situações como a volta às aulas após o Carnaval, festas e contatos com colegas. A pediatra Deborah Tonelli conversou conosco e tirou as principais dúvidas sobre o assunto!

    Doenças de outono: como a estação pode afetar a saúde dos pequenos?

     

    Segundo a pediatra, o outono tem características específicas que facilitam a transmissão e o desenvolvimento de doenças: “No outono, ocorrem quedas bruscas de temperatura, a umidade relativa do ar tende a diminuir e, com isso, o tempo fica mais seco, a poluição do ar aumenta, as partículas virais ficam em suspensão e as pessoas tendem a ficar mais em ambientes fechados, o que possibilita o aumento da circulação de vírus no ar”.

    Algumas alergias que afetam a respiração também são frequentemente desencadeadas nessa época do ano, o que afeta muito a saúde dos pequenos, como ressalta a pediatra: “Devido à sazonalidade de alguns vírus que causam doenças respiratórias, a incidência de crianças com doenças causadas por esses vírus aumenta”. Alguns exemplos são a asma e a bronquite, além de infecções como gripes e resfriados.

    Hábitos saudáveis podem fortalecer a imunidade infantil

     

    Não é só um remédio para imunidade infantil que ajuda a manter os pequeninos longe de doenças infecciosas comuns no outono. Dra. Deborah reforça que pais e responsáveis podem atuar diretamente na rotina da criança para que a resistência contra os germes aumente: “Fornecendo alimentação balanceada e de qualidade, mantendo a casa limpa e arejada, o cartão vacinal e as consultas com o pediatra atualizadas, evitando aglomerações e ambientes fechados e evitando rigorosamente a automedicação”. 

    Ainda segundo a médica, hábitos como a boa ingestão de água e o contato constante com a natureza podem fortalecer as defesas naturais do organismo. Também é importante incentivar e promover a prática de exercícios físicos regulares, como esportes e brincadeiras de gasto energético intenso, além de manter bons hábitos de sono, fator essencial para o fortalecimento do sistema imunológico infantil. “Manter as mãos higienizadas também é um fator importante”, finaliza a especialista. 

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes