AchèAchè
    search
    Título

    De que forma a prática de exercícios ajuda no tratamento da hipertensão?

    Uncategorized

    Por

    O tratamento contra hipertensão consiste na combinação de alguns cuidados específicos, o que inclui a prática de atividades físicas. Ao se exercitar regularmente, o paciente combate fatores de risco importantes, como sobrepeso, sedentarismo e estresse. Contudo, nem todo exercício é adequado nesse contexto, então é sempre necessária a indicação de um médico especialista.     

    Principais exercícios para o tratamento da hipertensão 


    “Os exercícios físicos com
    benefícios para pacientes hipertensos são os aeróbicos. Portanto, caminhada, corrida, ciclismo, natação e esteira são opções comumente propostas pelo cardiologista. É importante ter em mente a importância de realizar tais atividades com regularidade e com uma duração de tempo eficaz”, informa o cardiologista Rubens Mattar Jr.

    Segundo o especialista, o paciente que se exercita pelo menos três vezes na semana, com duração de 50 a 60 minutos em cada sessão, já consegue com alguma margem de segurança obter os benefícios esperados. Contudo, o paciente não precisa começar neste ritmo, especialmente se ele não tiver um bom condicionamento físico. O ideal é começar aos poucos, aumentando o nível da atividade gradativamente. 

    Atividades físicas ruins para quem tem pressão alta


    Por mais que a prática de atividade física seja importante no controle da hipertensão, é necessário ter bastante cuidado na escolha das atividades e na intensidade das mesmas, pois erros nesse sentido podem provocar o efeito oposto, colocando o paciente em risco.
    Os exercícios que devem ser evitados são aqueles que implicam em força e peso, como a musculação, especialmente com cargas muito pesadas.

    “Este tipo de atividade aumenta a pressão sistólica e diastólica, que tem como base o reflexo pressor do exercício, com elevação da tensão intramuscular durante a contração. Isso eleva a pressão arterial desproporcionalmente, levando à interrupção do fluxo sanguíneo muscular”, explica o médico. Em paralelo à prática de exercício físico, é fundamental que o paciente siga com o tratamento medicamentoso de controle da pressão arterial. 

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes