AchèAchè
    search
    Título

    Como pacientes com osteoporose podem reforçar os cuidados para evitar acidentes domésticos durante a quarentena?

    Uncategorized

    Por

    A osteoporose é uma condição que atinge o tecido ósseo do corpo, deixando os ossos fracos e suscetíveis a quebras. De acordo com um artigo publicado pela Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), a doença é a principal causa de fraturas na população acima dos 50 anos de idade. É comum que traumas e fraturas aconteçam durante atividades rotineiras dentro de casa. Confira como pessoas com osteoporose podem evitar acidentes domésticos durante a quarentena e, assim, evitar fraturas ósseas.

    Quedas e acidentes em casa podem causar fraturas


    Segundo a reumatologista Luiza Dalpiero,
    é fundamental evitar as quedas em casa, pois elas frequentemente levam a fraturas. Isso pode ser feito retirando dos cômodos tudo que seja um obstáculo ou que seja capaz de fazer os pacientes com osteoporose escorregar ou tropeçar, como fios, tapetes e brinquedos. 

    “Caso necessário, a instalação de suportes, corrimãos e outros acessórios de segurança no banheiro, na sala, nos corredores e no quarto, deve ser feita. Uso de sapatos com sola antiderrapante e uma boa iluminação dos cômodos e corredores da casa também são importantes. A atividade física, com o objetivo de fortalecimento muscular e treino de equilíbrio, também é essencial”, recomenda a especialista.

    Exercícios de fortalecimento podem evitar acidentes domésticos


    Durante a quarentena, o sedentarismo é outro desafio a ser superado por quem tem osteoporose. Seguir a recomendação dos órgãos de saúde e ficar em casa não significa um abandono das práticas regulares de
    atividades físicas, já que elas são uma parte importante do tratamento. Os exercícios devem ser feitos em casa, levando em consideração as dicas do seu especialista para evitar traumas e o agravamento da doença. 

    “Os pacientes com osteoporose se beneficiam de exercícios físicos com sustentação de peso e/ou de treinamento de resistência, como a musculação. A fisioterapia e caminhadas também melhoram a saúde óssea. Para evitar o sedentarismo durante a quarentena, não visando apenas a osteoporose, os pacientes mais debilitados e idosos podem realizar exercícios de alongamento, treinos de marcha e de equilíbrio”, explica a médica.

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR): https://www.scielo.br/pdf/rbr/v57s2/pt_0482-5004-rbr-57-s2-s452.pdf

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes