AchèAchè
    search
    Título

    Colágeno: suplemento pode fazer a diferença no seu tratamento para osteoartrite

    Uncategorized

    Por

    A osteoartrite é uma doença associada ao envelhecimento do corpo, que provoca o desgaste das articulações com o passar dos anos. O problema tem a dor e o inchaço das articulações como principais sintomas e uma das substâncias que, em falta, influencia o desenvolvimento e uma possível piora da osteoartrite é o colágeno.

    Cartilagem óssea tem colágeno em sua composição


    O colágeno faz parte da formação da cartilagem. Quadros inflamatórios de repetição da articulação pioram a qualidade deste colágeno e podem piorar o quadro de osteoartrite”, afirma o ortopedista e traumatologista Mauricio Raffaelli. Sem o colágeno em quantidades adequadas, a cartilagem não consegue exercer sua função, que é de proteger as articulações dos atritos provocados pela movimentação do esqueleto.
    O colágeno é construído pelo seu corpo a partir do consumo de proteínas adquiridas da carne vermelha, do frango, de queijos e do ovo, por exemplo, mas sua fabricação diminui com o envelhecimento do corpo, especialmente nas mulheres. Além da atuação importante nas cartilagens, o colágeno também está presente na sua pele e no cabelo, tornando-os mais resistentes.

    Suplementação de colágeno previne e alivia os sintomas da osteoartrite


    A suplementação de colágeno prescrita pelo seu médico, associada a outras formas de tratamento, pode, além de prevenir a osteoartrite com o passar dos anos, 
    aliviar os sintomas da doença, sendo uma grande aliada. “Hoje em dia, o entendimento do tipo de colágeno que faz parte da cartilagem faz com que o médico prescreva a suplementação correta de colágeno”, diz o profissional.
    Além dessa dose extra para seu organismo, existem ainda outras medidas que são importantes para o tratamento do quadro de osteoartrite, como perder o excesso de peso. “Tratar doenças inflamatórias, como a artrite reumatoide, evitar grandes esforços articulares e usar outros condroprotetores, como a glicosamina, são métodos de tratamento da doença”, recomenda o médico.

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes