AchèAchè
    search
    Título

    Colágeno: Qual é a quantidade diária recomendada de proteína na alimentação?

    Uncategorized

    Por

    O colágeno é um dos principais componentes da cartilagem articular. Essa proteína atua na homeostase da cartilagem, um processo contínuo de remodelação que impede tanto o ganho quanto a perda de tecido, mantendo um equilíbrio perfeito e a distribuição de forças na articulação. Confira qual é o consumo ideal diário de colágeno.  

    “A ingestão diária de proteínas recomendada é de 0,75 a 1,2 gramas por quilo ao dia, ou seja, em torno de 55g para o homem e 45g para a mulher”, afirma o reumatologista Paulo Chicarone Pereira, que complementa: “Alimentos com alto teor de proteína, como laticínios, carnes, ovos, peixes e leguminosas (feijão, por exemplo) ajudam a fornecer aminoácidos para a síntese do colágeno”.

    Osteoartrite pode impactar o consumo de colágeno


    No entanto, essa indicação muda a cada caso, já que diversas condições interferem nas necessidades diárias. É o caso da idade e de
    doenças como a osteoartrite. Este problema degenerativo provoca a destruição da cartilagem articular (processo que o colágeno ajuda a prevenir) e promove a inflamação da articulação. 

    Por isso, o ideal é conversar com um médico sobre o consumo de colágeno em um caso de osteoartrite ou de outra doença articular. O profissional poderá avaliar o quadro e, se houver necessidade, até indicar a suplementação do colágeno hidrolisado, cuja absorção pelo organismo é feita mais facilmente.

    Exercícios físicos ajudam a prevenir doenças osteoarticulares


    Além do consumo de alimentos ricos em proteínas, existem outras medidas importantes para a saúde osteoarticular, como cita Dr. Pereira:

    – Manter o tônus muscular com a prática regular de exercícios físicos, idealmente sob supervisão de fisioterapeuta (se já tiver algum problema articular) ou educador físico;

    evitar sobrepeso e obesidade e, caso já tenha, fazer acompanhamento com um nutricionista;

    – evitar esforços repetitivos e grandes impactos nas articulações;

    – procurar auxílio especializado se notar alterações na articulação, já que o diagnóstico precoce é fundamental para manter as articulações saudáveis.


    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes