search
    Título

    A insônia pode ser um fator no desenvolvimento da hipertensão?

    Uncategorized

    Por

    A dificuldade para dormir ou para se manter dormindo ao longo da noite é um distúrbio bastante comum entre os brasileiros e é chamado de insônia. Além de atrapalhar o descanso durante a noite, a doença ainda gera consequências no dia seguinte, como cansaço físico e desatenção. No entanto, um dos maiores problemas é que a insônia facilita o desenvolvimento da hipertensão.

    Com insônia, pressão arterial não diminui durante a noite


    “Nosso corpo precisa de descanso. Uma noite mal dormida já pode elevar a pressão. A insônia crônica predispõe ao aparecimento de
    hipertensão em pessoas sem a doença e pode piorar o controle da pressão em hipertensos previamente compensados”, explica a cardiologista Ana Catarina de Medeiros Periotto. Durante o sono, a pressão arterial e os batimentos cardíacos, geralmente, têm uma queda de 10mmHg.
    De acordo com a médica, a falta de repouso noturno já indica uma tendência à hipertensão ou que a pressão não está devidamente controlada, o que pode ser verificado em exames. “Tem sido demonstrado que pacientes que não apresentam expressiva queda noturna da pressão sofrem aumento na frequência de eventos cardiovasculares. Foi observado em hipertensos que a queda inferior a 10% relacionava-se a um pior prognóstico cardiovascular”, alerta a especialista.

    Apneia do sono também contribui para o surgimento da hipertensão


    No entanto, a insônia não é o único distúrbio do sono capaz de
    prejudicar a saúde do sistema cardiovascular. “Pessoas com apneia do sono, por exemplo, apresentam um risco duas vezes maior de infarto e derrame, comparando com a população em geral”, diz a profissional, o que ressalta a importância de buscar um sono de melhor qualidade.
    Existem evidências crescentes de que a hipertensão arterial e a apneia do sono frequentemente coexistem, não somente por causa de fatores de risco em comum, como obesidade e sedentarismo, mas porque a apneia contribui para o aumento da pressão. Ana Catarina afirma ainda que o tratamento da apneia do sono com aparelhos respiratórios chamados de CPAP consegue melhorar o quadro de hipertensão.
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes