Úlcera no estômago: quais são as causas e como é o tratamento?

  • +A
  • -A

A úlcera estomacal, também conhecida como úlcera gástrica, é uma ferida que surge na parede do estômago e que pode provocar dor abdominal, sensação de queimação, enjoos, vômitos e até sangramentos visíveis nas fezes. Em muitos casos, esses sintomas costumam piorar minutos ou horas depois de fazer uma refeição.

Bactéria H. pylori é uma das causas da úlcera no estômago


“As principais causas de úlceras gástricas são a infecção pelo Helicobacter pylori (H. pylori) e o uso de alguns medicamentos, principalmente os
anti-inflamatórios“, afirma o gastroenterologista Alexandre de Sousa Carlos. No entanto, outros fatores também podem gerar úlceras no estômago, como o estresse, bebidas alcoólicas e a genética.

A infecção pelo H. pylori interfere nos mecanismos de defesa do estômago, enfraquecendo a barreira mucosa e propiciando a formação das úlceras. Essa bactéria é um dos poucos seres vivos que consegue sobreviver em meio à acidez do suco gástrico e uma de suas funções é produzir um hormônio que avisa o cérebro que é hora de fazer uma refeição.

Como é o tratamento da úlcera gástrica?


Para tratar as úlceras no estômago são usadas medicações, como explica o médico: “O tratamento consiste em erradicar a
infecção da bactéria H. pylori e suspender o provável medicamento originador da úlcera. Além disso, deve ser prescrito um medicamento que diminua temporariamente a acidez gástrica para que se consiga cicatrizar a úlcera”.

Em alguns casos, mudanças na alimentação também podem ser indicadas pelo gastroenterologista. Alguns pacientes são orientados a evitar frutas ácidas, como o limão, a laranja e o abacaxi, ingredientes picantes, como a pimenta, além de café, chá preto, bebidas alcoólicas, refrigerantes e frituras.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Alexandre de Sousa Carlos

Dr. Alexandre de Sousa Carlos

Gastroenterologia

CRM: 122226 / SP

TAGS

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Úlcera no estômago: quais são as causas e como é o tratamento?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.