Qual especialidade médica realiza o acompanhamento de um paciente com osteoporose?

  • +A
  • -A

Osteoporose significa ossos porosos. É uma doença que se caracteriza pelo desequilíbrio no processo de renovação dos ossos, há um aumento na absorção de células velhas e uma diminuição na formação de novas. Isso causa uma alteração na estrutura do tecido ósseo, que fica mais frágil e suscetível a fraturas. 

A osteoporose também pode decorrer de outras doenças, nesse caso ela é chamada de osteoporose secundária. Portanto, o acompanhamento com um médico especialista torna-se indispensável para identificar as causas e o melhor tratamento para cada caso. “O médico atua no rastreamento e diagnóstico da osteoporose, na instituição de tratamento adequado, na investigação de possíveis complicações, além de incentivar mudanças do estilo de vida. Reumatologistas, endocrinologistas, ginecologistas, fisiatras, geriatras e ortopedistas são alguns especialistas que estudam e tratam a doença”, aponta a geriatra Aline Ferreira.

Como identificar a doença?

A densitometria óssea é o principal forma de identificar a osteoporose. Trata-se de um exame de imagem que emite feixes de raio X, que são capazes de identificar a densidade óssea a partir da quantidade de cálcio presente na área medida. É um exame indolor e totalmente seguro, já que o nível de radiação é baixo e o paciente fica exposto apenas por poucos minutos.

Prevenção e tratamento da osteoporose


Segundo especialistas, é ideal a prevenção já na infância, fase em que os ossos estão em formação e acumulando massa óssea. Dessa forma, os ossos adquirem uma boa reserva de cálcio, o que diminui os riscos durante o envelhecimento, quando começa o processo de perdas e desgaste do esqueleto. Além do cálcio, que deve ser obtido por meio da alimentação ou suplementação, dependendo do caso, a
vitamina D é fundamental nesse contexto, e pode ser obtida pela alimentação e pela exposição ao sol, uma etapa crucial na metabolização desse nutriente.

Outros hábitos podem ser incorporados para prevenir e ajudar no tratamento, como por exemplo praticar exercícios, parar de fumar e consumir álcool em excesso. Vale lembrar que essas medidas não substituem o tratamento com medicamentos, que é crucial para conter o avanço dos sintomas e a degradação dos ossos. 


Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Aline Ferreira Bandeira de Melo

Dra. Aline Ferreira Bandeira de Melo

Geriatria

CRM: 12235 / GO

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Qual especialidade médica realiza o acompanhamento de um paciente com osteoporose?"

Sandra Regina Azevedo Dutra

Desejo receber informações sobre o assunto acimaÉ a primeira vez que leio sobre esta matéria.Não esqueça de me enviar assuntos relacionados .Gratidão! Vou dedicar mais na leitura…

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Sandra. Você pode acessar nosso site, pois temos várias matérias interessantes sobre temas diversos. Para receber algum informativo por e-mail, você deve clicar em “ Fique por dentro de dicas de saúde e bem- estar- insira seu e-mail”. Até a próxima!

Leontina

Tenho osteopenia e faço uso de Artrolive a mais de 10 anos e cálcio devo continuar pois a doença não evoluiu mais.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Leontina. O ideal é verificar com o médico que acompanha você, pois o tratamento é capaz de retardar o avanço do quadro e amenizar os sintomas, em muitos casos o uso de medicamento é contínuo. Até a próxima.

Maria Lucia

Tomo Osteoban pois fui detectada com osteoporose. Há chance da doença estabilizar?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Maria. O tratamento medicamentoso é muito importante, mas a prática de exercícios e uma alimentação rica em cálcio e vitamina D também contribuem para que a doença não avance. Desejamos sucesso no seu tratamento!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.