O estresse constante pode desencadear em uma depressão?


  • +A
  • -A

O organismo humano é bastante sensível aos estímulos que recebe do ambiente ao seu redor. Quando esses estímulos são constantes na vida de alguém, eles provocam uma excitação emocional por um longo período e perturbam o equilíbrio da mente. Situações de tensão prolongada e o excesso de experiências negativas, por exemplo, desencadeiam o estresse que, por sua vez, pode elevar a pressão arterial e causar depressão.

Estilo de vida estressante pode provocar depressão


“O estresse é o gatilho para o surgimento de doenças físicas e emocionais. A depressão pode ser uma das
consequências do estresse“, afirma a psicóloga Lilian Boarati. Este tipo de situação pode acontecer com quem tem dificuldades no namoro ou casamento, tem muitos aborrecimentos no trabalho, precisa lidar frequentemente com prazos apertados ou está insatisfeito com o emprego.

Para essas pessoas, seguir em frente com a rotina é mais difícil. “As pessoas costumam ter mais dificuldades para cumprirem suas funções, as relações afetivas ficam mais sofridas, os conflitos interpessoais com a família, amigos, cônjuge e colegas de trabalho são mais frequentes, o organismo adoece, a apatia começa a fazer parte da rotina e os transtornos psicológicos, como a depressão, não tardam a surgir”, explica a profissional.

Brasil é o segundo país com mais pessoas estressadas do mundo, diz pesquisa


O desenvolvimento de um quadro depressivo facilitado pelo estresse pode ser mais comum no Brasil do que se pensa. “Uma pesquisa feita em 2017 pela International Stress Management Association (Isma-Brasil), revelou que o Brasil é o segundo país do mundo com mais pessoas estressadas, perdendo apenas para o Japão”, diz Lilian. Para resolver esse problema, é importante procurar a ajuda de profissionais da saúde, 
especialmente psicólogos e psiquiatras.

Segundo a especialista, caso o paciente esteja muito prejudicado pelos sintomas físicos e psicológicos do estresse e da depressão, será necessário recorrer a remédios. Além disso, a psicoterapia é um tratamento eficaz para combater o estresse, associado ou não a outros transtornos psicológicos, ajudando a identificar e a tratar as causas do estresse. Mudanças no estilo de vida, nos ambientes, no comportamento e nas relações interpessoais também costumam ser necessárias para o tratamento do estresse e da consequente depressão.

Ma. Lilian Boarati é psicóloga analista do comportamento pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e atende em seu consultório em São Paulo. CRP-SP: 64435

Foto: Shutterstock

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "O estresse constante pode desencadear em uma depressão?"

América

É verdades, o estresse pois estou vivendo isso é muito ruim começou com fim do meu relacionamento. seis anos atràs.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá América, realmente momentos como esses existem, mas sempre que precisar fale com seu terapeuta ou com seu psicólogo, o importante é seguir o tratamento prescrito. Abraços.

Maristella

O ambiente de trabalho é naturalmente estressante, mas indispensável na vida de qualquer ser humano adulto, então, como manter boa saúde mental no ambiente profissional, uma vez que ainda existe muito pré-conceito para este tipo de diagnóstico?Existe algum programa preventivo ou de cuidados para com os colaboradores?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maristella, o estresse no ambiente de trabalho é bastante comum e pode causar alguns problemas, para evitar a popular síndrome de burnout a psiquiatra Camila Cucco recomenda “Praticar atividade física, ter momentos de descontração e prazer, mudança no estilo de vida, se alimentar e dormir bem, mudar a dinâmica do trabalho, tudo isso ajuda nesse contexto”. Veja a matéria na íntegra em https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/ansiedade/sindrome-burnout-estresse-trabalho. Parabéns pela busca na qualidade de vida e melhoria no ambiente de trabalho. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.