Por que as crises de asma podem aumentar no verão?


  • +A
  • -A

O uso excessivo de ar condicionado e ventiladores no verão para aliviar o calor se relaciona bastante com as crises de asma, pois se estes aparelhos não forem adequadamente higienizados, podem espalhar ácaros, poeira, bactérias e fungos pelo ar, fatores que ajudam a desencadear as crises. Mesmo assim, é importante ficar alerta em todas as estações. “As crises de asma podem acontecer em qualquer época do ano”, afirma a pneumologista Vanessa Hartmann.

 

Principais fatores que contribuem para as crises de asma

 


Segundo Vanessa, os principais deflagradores são: ácaros (pequenos seres microscópicos que habitam locais úmidos e quentes, como tapetes, carpetes, sofás e cortinas), infecções respiratórias e não utilizar os medicamentos preventivos da asma. “Pessoas que possuem asma previamente estarão mais sujeitas a desenvolver crises e até mesmo infecções respiratórias quando há contato com esses deflagradores”, afirma.

Conforme explica a médica, quando a crise de asma já está instalada, é necessário procurar auxílio médico para tratamento. É muito comum o uso de medicações orais que reduzem a inflamação do brônquios, além dos broncodilatadores, que aliviam o broncoespasmo (estreitamento das vias aéreas que acontece em função da inflamação nos “canos” da respiração). “Se há suspeita de infecção associada, podem ser necessários medicamentos antibióticos”, completa.

 

Tratamento, cuidados e atenção às crises de asma

 


De acordo com a especialista,
é importante manter o acompanhamento médico e utilizar os medicamentos preventivos da asma também no verão, se estes forem indicados, além de seguir os cuidados já mencionados, como higienizar ventiladores e filtros de ar condicionado regularmente, para evitar que estes disseminem poeira, ácaros, bactérias e fungos para o ar. “A casa e o ambiente de trabalho também devem ser limpos, arejados e ventilados”, afirma Vanessa.  

A pneumologista enfatiza que as crises de asma devem sempre ser levadas a sério, pois casos de broncoespasmo grave podem levar a insuficiência respiratória e até parada respiratória. “Broncoespasmos severos podem exigir intubação, uso de ventilação mecânica (aparelhos para manter a respiração) e internação em ambiente de UTI. Segundo o GINA, diretriz que rege o tratamento mundial da asma, três pessoas morrem por dia no Brasil devido a crises de asma. Portanto, o assunto é sério e exige a devida atenção”, conclui.

 

Dra. Vanessa Cristina Hartmann dos Santos é médica pneumologista, formada em medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e com residência médica em pneumologia pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS). CRM-RS 34626

Foto: Shutterstock

TAGS
alergias-respiratorias
asma
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que as crises de asma podem aumentar no verão?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.