O uso de drogas pode levar a um transtorno de ansiedade generalizada?


  • +A
  • -A

O transtorno de ansiedade generalizada é um distúrbio caracterizado por intensas preocupações, além de irritabilidade, inquietação, cansaço e alterações no sono. Como outras doenças psiquiátricas, o transtorno de ansiedade generalizada é uma doença multifatorial, ou seja, seu desenvolvimento depende do envolvimento de diversos fatores,  como o uso de drogas.

Consumo de drogas é uma das causas do transtorno de ansiedade generalizada


“Além de fatores genéticos,
estímulos ambientais podem levar ao surgimento da doença. Portanto, o uso de algumas substâncias psicoativas pode levar ao desenvolvimento de ansiedade”, afirma a psiquiatra Cláudia Chaves. Não apenas drogas ilícitas, como a cocaína, podem ser citadas, mas também as legalizadas, como álcool e a nicotina presente nos cigarros.

A profissional acredita que é importante ressaltar ainda que alguns pacientes que já têm transtorno de ansiedade generalizada ou outro distúrbio de ansiedade acabam recorrendo a substâncias para reduzir os sintomas da ansiedade e não procuram o auxílio médico adequado. Apesar de, momentaneamente, aliviarem o problema, estas drogas podem causar consequências, como o consumo sem controle, criando uma bola de neve.

Ansiedade generalizada é transtorno de difícil diagnóstico


O uso de drogas, associado a outros fatores, pode ser um indício do desenvolvimento do transtorno de ansiedade generalizada. No entanto, a doença é subdiagnosticada, segundo Cláudia, por ter início precoce e aparecimento lento dos sintomas. “Por não ter a
presença de crises paroxísticas, como o transtorno de pânico, muitas vezes o próprio sujeito ou sua família simplesmente entendem como se a pessoa sempre fosse ‘nervosa’ ou ‘muito preocupada’, explica.

Os principais sintomas que podem chamar a atenção de familiares e do próprio paciente são uma sensação de preocupação excessiva e que persiste pela maior parte do tempo com diversas atividades, como trabalho, estudos e passeios. “Esta preocupação é difícil de controlar, junto com outras alterações, como dificuldade de concentração, tensão muscular, insônia e inquietação, que levam a um sofrimento intenso ou incapacidade para atividades cotidianas”, alerta a médica.

Dra. Claudia Chaves Dallelucci é médica psiquiatra, formada em Medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e mestranda em Psiquiatria pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). CRM-SP: 151077

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Claudia Chaves

Dra. Claudia Chaves

Psiquiatria

CRM: 151077 / SP

TAGS
ansiedade
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

5 comentários para "O uso de drogas pode levar a um transtorno de ansiedade generalizada?"

Juliedison

Eu fumo maconh e as vezes uso cocaina isso pode ter sido a causa da minha ansiedade generalizada ??

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Juliedison, o uso de algumas substâncias psicoativas, como é o caso da maconha e cocaína, pode contribuir para o desenvolvimento de ansiedade. A dependência química deve ser igualmente tratada quando associada ao transtorno de ansiedade. Marque uma consulta com o médico especialista. Abraços.

Cleria Maria

Meu filho começou ingerir álcool aos 15 anos de idade e Tbm fez uso de maconha e cocaína e toda vez que fez essas coisas ele tinha comportamentos agressivos ataques de loucuras e desejo de suicidar ou matar alguém é hoje ele tem 27 anos com um quadro de alcoolismo agravado lutando para vencer o vício e Tbm desencadeou crises paroxisticas de eplipcia e nunca aceitou tratamento mais pelas crises de eplipcia aceitou ur ao neurologista e ele receitou trileptal 300 mg e friziun 20 mg ao dia mais meu filho tem crises de nervosismo stress temperamentos de humor, muito difícil a convivência e no trabalho tem muitas crises de anciedade e quando não está se suportando corre atrás de bebidas alcoólicas aí fica transtornado violento quebra o que vem pela frente agride as pessoas muito difícil está situação. Gostaria de saber se é necessário procurar um psiquiatra ou esses medicamentos que está tomando estão corretos para o tipo de problema que ele tem ? Por favor me ajudem

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Cleria, o neurologista é habilitado para tratar essa patologia. Orientamos seu filho a seguir o tratamento e orientações prescritas por ele e procurar ajuda médica para que a dependência da bebida alcoólica seja tratada, aumentando assim as chances de uma melhora geral do quadro de saúde. Abraços.

gledio

Sou terapeuta e especialista em dependência química, em relação ao problema da senhora Cleria Maria, seu filho já desenvolveu o transtorno de ansiedade, devido ao uso de substâncias (álcool e drogas), ele deve se concientizar de seu problema da dependência química, e estacionar o uso de qualquer droga, isso nada mais, ira potencializar o seus transtornos ou até evolui-los. É necessário interna-lo em uma clínica para desintoxicação e concientização do seu problema, ter uma vida regrada no começo com a manutenção da sua recuperação até que se torne automatico e não vá mais fazer uso de qualquer substância, para aliviar seus transtornos.Com o uso passsa a potencializar a sua ansiedade.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.