Queda de cabelo excessiva: descubra o que pode estar por trás deste problema

  • +A
  • -A

A queda de cabelo excessiva é um problema que mexe com a autoestima de muitas pessoas. Nestes casos, é preciso investigar caso a caso, pois pode se tratar de um sintoma de transtornos emocionais, como o estresse, ou alguma doença, como a alopecia androgenética e a alopecia areata. Para desvendar esse assunto, convidamos a dermatologista Elisabete Rocha para dar sua opinião sobre a perda de cabelo em excesso e sobre como sanar esse problema.

Queda de cabelo: o que pode ser? Entenda se a perda dos fios é normal

 

As causas por trás da queda capilar em excesso são muitas, como explica Dra. Elisabete: “A queda de cabelo excessiva pode ocorrer por diversos motivos, como distúrbios hormonais, uso de alguns medicamentos, desnutrição, anemia ou estresse e também após cirurgias, partos e doenças, como a COVID-19”. É bom lembrar que o diagnóstico preciso só pode ser feito pelo seu dermatologista.

Antes de tudo, porém, é preciso saber se a perda de cabelo é de fato excessiva. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), todos nós perdemos de 100 a 200 fios por dia e isso é absolutamente normal. Para saber se a queda capilar é realmente um problema, Elisabete indica observar outros fatores além dos fios perdidos: “Você identifica que a queda está anormal tanto pela maior quantidade de fios caindo, quanto pela diminuição do volume do seu cabelo”.

Como acabar com a queda de cabelo excessiva?

 

Se você convive com esse problema e não sabe o que usar para queda de cabelo, um profissional pode indicar o melhor tratamento para o seu caso, a partir de uma análise apurada. “O tratamento deverá ser direcionado para a causa do problema”, comenta Elisabete, que continua: “Em associação, devemos utilizar produtos tópicos, o que não só desacelera a queda como também estimula o crescimento de novos fios. Alguns complexos vitamínicos podem ser associados em casos específicos”.

Em alguns quadros, o remédio para queda de cabelo pode ser um tratamento a longo prazo, pois a perda dos fios pode ser crônica. A especialista diz que algumas doenças em outras localidades do corpo podem ocasionar o problema por toda a vida, sendo necessário um tratamento para queda de cabelo específico. “Os distúrbios de tireoide são exemplos de doenças que podem gerar uma queda de cabelo crônica, sendo necessário tratamento e controle constantes”, informa a médica.

 

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): https://www.sbd.org.br/dermatologia/cabelo/cuidados/conheca-os-cabelos/ 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Elisabete Rocha

Dra. Elisabete Rocha

Dermatologia

CRM: 52-57357-9 / RJ

TAGS
cabelos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Queda de cabelo excessiva: descubra o que pode estar por trás deste problema"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.