search
    Título

    Quando devemos nos preocupar com a queda de cabelo?

    Uncategorized

    Por

    A alopecia androgenética, popularmente conhecida como calvície hereditária, é uma doença que provoca a queda de cabelo, principalmente, na coroa e na região central da cabeça. Apesar de não afetar a saúde de forma direta, o problema pode impactar negativamente a autoestima. Para evitar que isso aconteça, é importante ficar atento aos seus primeiros sinais.

    Queda de cabelo pode se intensificar ao fim da adolescência

    A calvície começa a se manifestar por volta dos 20 ou 30 anos de idade e as entradas, geralmente, são os primeiros lugares em que é possível notar a queda de cabelo. Entretanto, antes mesmo dessa idade, ainda na adolescência, a calvície pode dar seus primeiros sinais, com a queda persistente dos fios.

    De acordo com a dermatologista Juliana Fonte, devemos nos preocupar com a calvície em qualquer idade. “Quando identificar um aumento no volume da queda de cabelos, é importante fazer uma investigação da causa, pois pode estar ocorrendo alguma deficiência de vitaminas e ferro ou mesmo uma patologia mais grave”, diz a médica.

    Tratamento para calvície pode ser feito com medicações

    Existem cuidados simples que podem ser tomados para prevenir ou, pelo menos, reduzir a intensidade da queda de cabelo, como cita a profissional: “Manter uma alimentação saudável e balanceada e evitar o estresse pode impedir ou mesmo diminuir a queda de cabelos. Essas medidas devem ser adotadas desde a infância”.

    No entanto, é importante também procurar a ajuda de um especialista na área, que será capaz de avaliar a calvície. Após o diagnóstico, será hora de iniciar o tratamento para a queda de cabelo. Há diversas opções de abordagens, como o uso de medicações tópicas e orais, uso de laser e até infusão de medicamentos na pele.

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes