O uso de álcool gel pode prejudicar a saúde das unhas e deixá-las mais frágeis?

  • +A
  • -A

A pandemia da Covid-19 fez com que o uso de álcool gel entrasse em nossas rotinas como nunca. Com a necessidade de manter as mãos sempre limpas para diminuir a taxa de contágio do coronavírus, todos passaram a sempre manter um frasco de álcool gel por perto, já que ele deve ser aplicado após o contato com qualquer superfície potencialmente contaminada.

No entanto, essa frequência de uso pode gerar alguns efeitos colaterais indesejados, como a desidratação das mãos. Isso é capaz de prejudicar a saúde das unhas? Confira!

O efeito do álcool gel na saúde das unhas

 

A diminuição da resistência das unhas, que caracteriza a síndrome das unhas frágeis, pode ter diversas causas. Entre elas, estão o uso de álcool gel e a lavagem excessiva das mãos. A unha é composta principalmente por queratina, além de água, lipídeos e minerais. O contato com agentes químicos, como os presentes no álcool gel e no sabão, além de outros produtos de limpeza, pode prejudicar a constituição das unhas, por provocar desidratação e danos a esses elementos que as compõem.

Como manter as unhas saudáveis

 

Felizmente, é possível se prevenir contra os danos causados pelo uso frequente do álcool gel nas mãos. Assim como o uso de álcool gel passou a ser um hábito, o mesmo deve acontecer com a hidratação das mãos e unhas.

”Em tempos em que a higiene das mãos é fundamental, podemos manter as unhas saudáveis através da sua constante hidratação, com o uso de emolientes ricos em ceramidas ou fosfolipídeos. O ideal é sempre utilizar um creme hidratante após a lavagem das mãos”, explica a dermatologista Thaís Nietsche. Alguns produtos usados nas unhas, como removedores de esmalte com acetona, por exemplo, também devem ser evitados. 

O tratamento para a síndrome das unhas frágeis geralmente envolve tanto a redução da exposição aos agentes agressores (como álcool gel e outros produtos de limpeza) e a suplementação de biotina, um nutriente fundamental para a saúde ungueal. Entretanto, é importante destacar que, apesar da síndrome das unhas frágeis ser uma condição tida como corriqueira, um dermatologista deve sempre ser consultado para que possa investigar outros possíveis fatores e doenças associadas a essa condição e tratá-los adequadamente.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Thaís Reginatto Nietsche

Dra. Thaís Reginatto Nietsche

Dermatologia

CRM: 202943 / SP

TAGS
pele
unhas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O uso de álcool gel pode prejudicar a saúde das unhas e deixá-las mais frágeis?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.