Por que o diabetes é um fator de risco para a hipertensão?

  • +A
  • -A

A hipertensão arterial, também conhecida como pressão alta, é uma doença crônica caracterizada pelos altos níveis de pressão sanguínea nas artérias. É uma condição que faz com que o coração faça um esforço maior para que o sangue circule pelo corpo. O diabetes, outro problema crônico, é um importante fator de risco para a doença. 

Diabéticos formam um dos principais grupos de risco para coexistência de hipertensão


Segundo o Ministério da Saúde, aproximadamente 388 pessoas morrem por dia por complicações de hipertensão no Brasil. Os pacientes diabéticos formam um dos principais grupos de risco. “No diabetes tipo II, pode haver um aumento  na circulação de insulina na corrente sanguínea devido à resistência insulínica. Os altos níveis de insulina aumentam a pressão arterial e podem contribuir para uma maior rigidez das artérias”, explica a cardiologista Ana Catarina Periotto.

Em um quadro de diabetes, a presença de altos níveis de glicose no sangue estimula o pâncreas a produzir ainda mais insulina, o que provoca uma perturbação no funcionamento do sistema nervoso simpático. Essa alteração também pode acelerar os batimentos cardíacos e promover a contração exagerada dos vasos sanguíneos, contribuindo para o aumento da pressão arterial.

Pessoas com diabetes têm mais chance de ter AVC e infarto


O diabetes acaba contribuindo também para o aumento da chance de ter uma das complicações da hipertensão. O diabetes é um dos principais fatores de risco para AVC e infarto porque existe um risco de desequilíbrio na circulação de
gorduras, com aumento de p
artículas de colesterol ruim (LDL-C). “As partículas LDL-C são as maiores formadoras de placas de gordura que obstruem as artérias”, informa a médica. 

Diante disso, é recomendado que os pacientes com diabetes tenham cuidado não só com o consumo de alimentos com alto teor de açúcar, mas também com grandes concentrações de sódio e gordura. Além disso, é fundamental medir a pressão arterial frequentemente, garantindo que ela não ultrapasse o nível de 14 por 9.

Tabagismo é outro importante fator de risco para hipertensão


Segundo a médica, também é imprescindível prestar atenção em outros fatores de risco, como o tabagismo, o estresse, o sedentarismo, a obesidade e o uso persistente de medicamentos anti-inflamatórios e corticoides. Vale lembrar que o acompanhamento médico é fundamental para o controle da doença.

 

Dados do Ministério da Saúde: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/hipertensao

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto

Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto

Cardiologia

CRM: 141696 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que o diabetes é um fator de risco para a hipertensão?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.