Por que a vitamina D é importante para a saúde da mulher?

  • +A
  • -A

A vitamina D está entre os nutrientes mais conhecidos quando o assunto é imunidade e qualidade de vida. Ela é produzida pelo nosso organismo e tem funções neuromusculares, imunológicas, na cascata inflamatória e na saúde óssea. Porém, para as mulheres, a vitamina D pode ser uma aliada ainda mais importante! As ginecologistas Thais Zeque e Keyla Schneider contaram tudo sobre os benefícios desse nutriente para a saúde e o bem-estar feminino. Confira! 

Vitamina D é boa para grávidas e previne aborto espontâneo

As mulheres grávidas são as principais beneficiadas pela vitamina D. Segundo Dra. Thais, a suplementação do nutriente é recomendada durante todo o pré-natal, inclusive pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). “A suplementação ajuda a reduzir o risco de aborto espontâneo e deve ser iniciada na preconcepção, pois a a deficiência de vitamina D pode diminuir as chances de engravidar”, explica a médica. De acordo com a especialista, a concentração ideal de vitamina D no sangue de gestantes, deve ficar entre 30 ng/mLl e 60 ng/mL durante toda a gestação, níveis que podem ser identificados por meio de exames de sangue. 

Por outro lado, a deficiência de vitamina D pode causar sérios problemas à saúde da mulher. “A falta da vitamina D pode comprometer o sistema imunológico e o humor, além da composição óssea”, lembra Dra. Keyla. Thais também aponta outros malefícios da falta de colecalciferol no organismo: “Em crianças, pode ocasionar raquitismo. Nas mulheres adultas, pode causar deficiência do sistema imunológico, dificuldade de emagrecimento e osteoporose”. 

Leia nossa matéria sobre sintomas da falta de vitamina D para saber mais sobre o assunto!

Sol e alimentação balanceada são as principais fontes de vitamina D

Por sua importância, é necessário que as mulheres avaliem a melhor forma de manter o nutriente em dia. Uma dieta saudável e balanceada é muito importante, de acordo com Dra. Thais: “Fontes ricas em vitamina D são carne de peixe gordo, frutos do mar, ovo, leite e fígado”. Dra. Keyla, porém, lembra que não é só o cardápio que pode ajudar. “É fundamental a exposição à luz solar e a prática de atividade física para que haja um aproveitamento da vitamina D pelo nosso organismo”. A suplementação pode ser uma aliada na manutenção dos níveis adequados do nutriente. 

Quanto à dosagem, é de vital importância procurar o seu médico: somente ele poderá indicar o melhor tratamento e suplementação de vitamina D. “Porém, é importante frisar que o excesso também é prejudicial. A hipervitaminose D causa hipercalcemia e depósitos do cálcio em alguns órgãos, como rins, coração e fígado. Causa aumento da micção, sede, insônia, nervosismo, anorexia, prurido e dia”, finaliza Dra. Thais. 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Keyla Schneider

Dra. Keyla Schneider

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 52.61092-9 / RJ

Dra. Thais Zeque

Dra. Thais Zeque

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 5269335-9 / RJ

TAGS

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que a vitamina D é importante para a saúde da mulher?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.