AchèAchè
    search
    Título

    Vacinação infantil e volta às aulas presenciais: esclareça dúvidas sobre o assunto + dicas de saúde

    Uncategorized

    Por

    Chegou a época de volta às aulas e muitas escolas estão retornando às atividades presenciais depois de uma longa interrupção por causa da pandemia de COVID-19. Para manter os pequenos saudáveis, a importância da vacinação infantil deve ser ressaltada e tratada como prioridade, principalmente contra o novo coronavírus. Mas, afinal, qual o risco de não vacinar as crianças contra a COVID-19? Como fortalecer a saúde delas no retorno à escola? Para esclarecer essas dúvidas, convidamos a alergista e imunologista Ana Carolina da Matta para deixar os pais e responsáveis mais tranquilos. Saiba mais!

    Vacina: volta às aulas exige cuidado especial com as crianças

    De acordo com a especialista, a vacinação infantil contra a COVID-19 é importante para garantir proteção à criança, para que ela tenha menos chances de desenvolver a forma grave da doença. “Nós sabemos que, no caso da COVID-19, as crianças não foram tão afetadas. Mas, infelizmente nós tivemos crianças que morreram da doença. Por isso, não podemos deixar para depois a vacinação, porque nada é pior do que uma mãe ou um pai perder um filho, olhar para trás e se perguntar ‘por que eu não dei a vacina?’”, afirma a imunologista. De acordo com o Instituto Butantan, até 20 de janeiro, mais de 1400 crianças já tinham morrido em decorrência da doença no Brasil.

    A época de volta às aulas, lembra Dra. Ana Carolina, deixa os pequenos ainda mais expostos a esse risco. “Em relação à COVID-19, a criança não vacinada, ao voltar para a escola, não terá nenhuma proteção, correndo o risco de ter um quadro mais sério da doença. Algumas têm uma propensão maior, como crianças com asma, doença renal crônica, cardiopatia ou síndrome de Down. Por isso, a recomendação é voltar para a escola vacinado, para diminuir a transmissão vertical”, explica a especialista. 

    Calendário vacinal infantil em dia e boa alimentação garantem proteção

    Além da COVID-19, outras doenças podem ser facilmente prevenidas se os pais e responsáveis seguirem à risca o calendário de vacinação infantil. Dra. Ana Carolina destaca algumas delas: “A primeira, que é a BCG, para evitar a tuberculose; para hepatite B, evita não só a doença, mas o câncer de fígado também. Outras doenças, como difteria, tétano, coqueluche, que quase não vemos mais graças à vacina. Além disso, temos uma vacina contra os hemófilos que causam uma meningite bacteriana muito grave, que quase não existe mais graças à vacina.”

    A imunologista aponta que algumas coberturas vacinais podem começar no SUS e serem complementadas na rede particular de saúde: “A vacina de hepatite A é fornecida no SUS em uma dose por ano na vida. Se quiser que essa vacinação dure mais de 10 anos, você deve fazer a segunda dose em clínica particular”.

    Segundo a médica, outras vacinas importantes são: 

    – Meningite ACWY, para adolescentes com 11 anos;
    meningite C, a partir dos 3 meses de idade;
    meningite B, que é encontrada na rede particular;
    vacina contra HPV, que evita o câncer de colo de útero, a partir de 9 anos para meninas e 11 anos para meninos;
    contra pneumococo, que é uma vacina importantíssima, pois evita pneumonia, sinusite, infecção de ouvido e garganta;
    vacina da gripe, deve ser feita todo ano, prevenindo a forma grave dessa doença que causa mortalidade.

    Outras dicas de saúde da especialista incluem seguir à risca as recomendações da vigilância epidemiológica e dos órgãos públicos de saúde. “Se na sua região tiver um aumento no número de casos, use máscara e evite aglomerações, além de adotar os cuidados gerais, como se vacinar contra a gripe e pneumonia, tratar alergias, investigar a imunidade, se alimentar bem e fazer atividade física”, finaliza Dra. Ana Carolina.


    Dados do Instituto Butantan:
    https://butantan.gov.br/noticias/covid-19-e-a-segunda-causa-de-morte-em-criancas–veja-o-infografico-e-entenda-a-importancia-da-vacinacao 

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes