AchèAchè
    search
    Título

    Como identificar se seu filho está com imunidade baixa?

    Saúde Infantil

    Por

    Nos primeiros anos de vida, é normal as crianças apresentarem infecções com frequência, já que seu sistema imunológico é mais vulnerável, ainda imaturo. Porém, isso não significa que os pais devem parar de se preocupar com a imunidade de seus pequenos. Níveis mais baixos ainda deste padrão devem ser diagnosticados e tratados o quanto antes para não comprometer o presente e o futuro da criança.

    “A imunidade baixa pode ser diagnosticada na criança desde o nascimento com o teste do pezinho para imunodeficiência primária. Atualmente, este teste é feito de forma particular, sendo necessária a solicitação de um médico para sua realização”, informa a alergista e imunologista Ana Carolina da Matta. 

    Sinais da imunidade baixa em crianças


    Segundo a especialista, a imunidade baixa também pode provocar sinais como:
    infecções de repetição (principalmente otite e pneumonias) e infecções graves (meningite, sepse, osteomielite, artrite, etc.). “Nesse caso, devemos realizar exames específicos para verificar a imunidade, como imunoglobulinas (IgA, IgM, IgG, IgE), linfócitos (CD3, CD4, CD8, etc.), dentre outros”, afirma a médica.

    Dependendo do caso, a criança com imunidade baixa pode apresentar variadas infecções com risco de mortalidade e morbidade maior. Por isso, quanto mais cedo o diagnóstico for feito, menores serão as chances de sequelas e maiores serão as chances de garantir à criança uma qualidade de vida melhor. “Para investigar a imunidade, deve-se procurar um médico especialista em imunologia (imunologista)”, orienta Matta.

    Tratamento e cuidados para estimular a imunidade dos pequenos


    Bebês e crianças diagnosticados com imunidade baixa podem se beneficiar de tratamentos medicamentosos voltados, especificamente,
    ao estímulo da imunidade. Além disso, é essencial garantir os principais cuidados rotineiros de saúde aos pequenos, no sentido de diminuir os riscos de complicações decorrentes de baixa imunidade. 

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes