search
Título

Remédios antitérmicos podem fazer suar mais que o normal

Cuidados e Bem-estar
Gripe e resfriado

Por Dr. Ricardo Matias de Carvalho

20 de fevereiro de 2018

A febre é uma resposta do organismo a um problema de saúde, como infecções causadas por vírus e bactérias. Costuma surgir associada a dores no corpo e cansaço e, por causa desses incômodos, muitas pessoas recorrem ao uso dos medicamentos antitérmicos para tratá-la. Quando a medicação começa a fazer efeito, alguns pacientes podem suar mais que o normal.

Remédio para febre faz suar

 

O suor ajuda a levar a temperatura do corpo aos 36°C. A maioria dos medicamentos antitérmicos atua inibindo a ação de uma substância chamada ciclooxigenase, impedindo sua chegada ao hipotálamo, estrutura no cérebro que atua no controle da temperatura corporal, auxiliando no controle da febre. 
De acordo com o clínico geral Ricardo Matias, é normal suar um pouco mais enquanto o antitérmico leva a temperatura corporal de volta a um nível aceitável. “Quando tomamos um antitérmico, nós simplesmente suprimimos as substâncias que induzem o hipotálamo a elevar a temperatura. Nesse momento, o hipotálamo volta a ter a temperatura de 36 graus Celsius como alvo e o suor é um dos mecanismos envolvidos para esse fim”, afirma.

Antitérmicos devem ser usados com cautela

 

O médico diz ainda que os antitérmicos podem ser usados sem prescrição médica: “São medicamentos que devemos ter em casa para um caso de necessidade. Entretanto, temos que ter em mente que o antitérmico tratará apenas o sintoma da febre, não trata sua causa”. Por isso, o médico deve ser consultado assim que possível para investigar o problema e tratá-lo corretamente

Newsletter
Tags
antitérmicos
febre
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes