search
    Título

    Queimaduras de sol: confira um passo a passo para turbinar a sua prevenção nesse verão!

    Uncategorized

    Por

    A prevenção solar diária é fundamental para prevenir diversas complicações provocadas pelo efeito nocivo dos raios ultravioleta. As queimaduras de sol são exemplos relevantes nesse contexto. Além do uso rotineiro de filtro solar, é importante evitar se expor ao sol por muito tempo e nos horários em que os raios são mais intensos e prejudiciais à integridade da pele.  

    Queimaduras de sol e outras complicações da exposição solar


    “A
    queimadura solar ocorre pela exposição prolongada ao sol. Além de causar manchas e rugas na pele, a exposição solar prolongada é responsável pelo aparecimento do câncer de pele. Portanto, a fotoproteção é muito importante. O uso de filtro solar com fator de proteção solar acima de 30, bem como sua reaplicação a cada três horas; de bonés, chapéus e roupas UV é a melhor maneira de se proteger”, explica a dermatologista Thuany Santos.  
    Ainda segundo a especialista, se mesmo com todos esses cuidados houver queimadura solar, a hidratação da pele se torna essencial.Banhos frios e uso de cremes calmantes à base de óxido de zinco e camomila ajudam a aliviar a ardência local. Uma dica é deixar o creme na geladeira, pois quando aplicado gelado, o alívio é imediato. Em caso de dor, o uso de analgésicos pode ser feito”, informa a médica.

    Principais cuidados para evitar prejuízos à pele causados pelo sol


    No momento de escolher o filtro solar, é importante buscar a orientação de um médico especialista. Ao analisar sua pele, ele saberá o produto mais adequado, que tende a funcionar melhor em você. Existem, hoje, diversos produtos no mercado para essa finalidade, sendo que alguns oferecem benefícios além da proteção solar, como hidratação e melhora da textura e da firmeza da pele.

    Para evitar o envelhecimento precoce da pele provocado pelos raios solares mais intensos e maléficos, é preciso evitar a exposição direta nos horários entre 10h e 16h. Porém, mesmo nesses horários deve-se utilizar o filtro solar. A única exceção para o uso do produto é o momento do dia destinado ao banho de sol visando a obtenção de vitamina D (o que não deve durar muito, cerca de 20 minutos apenas).      

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes