search
Título

Por que a gordura tende a se acumular na barriga?

Cuidados e Bem-estar
Emagrecimento

Por Daniella Chein

13 de abril de 2017

Quando se fala em ganho de peso uma das coisas que logo vem à mente é a famosa “pochete” na barriga, que nada mais é do que a gordura que se acumula na região abdominal. A concentração nesta área do corpo é um incômodo comum à maioria das pessoas e por isso mesmo move muitos a fechar a boca e se exercitar para emagrecer.

Excesso de gordura na barriga é o principal risco para doenças do coração

“O abdômen é a parte do corpo com maior quantidade de células gordurosas (adipócitos), por isso tem tendência a crescer mais”, explica a nutricionista Daniella Chein. A gordura abdominal em excesso normalmente provoca frustrações de ordem estética, mas os riscos que o problema carrega sugerem preocupações bem mais sérias.
“Sem dúvida não se trata apenas de um problema estético. A obesidade abdominal contribui para elevar os níveis de colesterol ruim (LDL) e de triglicerídeos, aumentar a resistência à insulina, além de reduzir o bom colesterol (HDL). Além disso, é o principal risco para doenças do coração”, alerta Daniella.

Praticar corrida e ciclismo queima calorias e ajuda a perder barriga

Para eliminar ou evitar a gordura abdominal, recomenda-se, primeiramente, adotar uma dieta balanceada, e depois a prática de exercícios físicos, principalmente os aeróbicos, como corrida e ciclismo, que são os que mais queimam calorias. Dessa forma, além da gordura, é possível evitar doenças como hipertensão arterial e colesterol alto.
“Praticar exercícios físicos e seguir uma alimentação equilibrada são os únicos passos para uma vida saudável, mantendo o nível de gordura abdominal muito baixo. Em relação às refeições, é importante comer mais frutas, verduras e legumes, diminuir significativamente o sal e evitar alimentos gordurosos”.
Foto: Shutterstock

Newsletter
Tags
barriga
calorias
coração
emagrecimento
gordura
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes