AchèAchè
    search
    Título

    Osteoporose: Quais são as consequências de uma fratura para um paciente idoso?

    Uncategorized

    Por

    As fraturas ósseas são consideradas a principal complicação da osteoporose, doença que enfraquece os ossos a ponto de torná-los suscetíveis a quebras. Essas fraturas atrapalham a rotina de qualquer pessoa, mas nos idosos, elas podem ser mais graves, causando sérios prejuízos à saúde. Confira as consequências das fraturas na terceira idade. 

    Hospitalização é uma das consequências das fraturas nos idosos


    “Restrição de mobilidade, incapacidade funcional, isolamento social e insegurança são consequências comuns das fraturas, que podem culminar em outros eventos prejudiciais à saúde e à qualidade de vida dos idosos. A fratura no idoso também tem como consequência a alta taxa de hospitalização e internação de longa permanência, além do
    aumento da mortalidade“, afirma o ortopedista Paulo Kanaji. 

    O especialista explica que pacientes que precisam ser internados em decorrência de uma fratura estão sujeitos a infecções hospitalares, principalmente devido à dificuldade de administrar antibióticos no tecido ósseo e à necessidade de repetidas intervenções, como a retirada da prótese. “A incidência é ainda maior em idosos que já apresentam outros focos de infecção em locais como pele, dentes e trato respiratório e urinário”, completa o médico.

    Mudanças em casa ajudam a evitar acidentes e fraturas ósseas


    Para
    prevenir acidentes capazes de causar uma fratura, existem alguns cuidados simples que ajudam a melhorar a qualidade de vida na terceira idade. A primeira delas é estar sempre em contato com um especialista, como recomenda Dr. Kanaji: “O mais indicado é consultar um médico para identificar o problema e iniciar o tratamento, pois a doença é silenciosa e o paciente não sente dores”. 

    Praticar exercícios físicos que visam o fortalecimento da musculatura e dos ossos também é importante para evitar as consequências de uma fratura. Pequenas alterações na casa do idoso também são bem-vindas: “Promover mudanças em casa para que ela fique bem iluminada, sem tapetes que possam escorregar e, de preferência, ter interruptores ao alcance das mãos e corredores largos, já que muitos idosos usam bengala e andadores”.

    Vale lembrar que o banheiro é o ambiente de maior risco para os idosos, já que cerca de 60% das quedas acontecem no trajeto da cama para o banheiro. Por isso, se o idoso morar sozinho, é indicado o uso de fraldas geriátricas para que não haja a necessidade de se levantar durante a noite. Além disso, instalar pisos antiderrapantes, inclusive dentro do box, e barras de apoio são atitudes importantes na prevenção de acidentes. 

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes