search
    Título

    Osteoartrite: Por que essa doença pode afastar pessoas do trabalho?

    Uncategorized

    Por

    A osteoartrite é uma doença crônica que prejudica a saúde das articulações do corpo. O problema desgasta a cartilagem responsável pela proteção da articulação, aumentando o atrito entre os ossos e, como consequência, o paciente sente dores e apresenta inchaço na região afetada. Em alguns casos, pode ser necessário se afastar do trabalho, já que até mesmo os movimentos necessários para se levantar e andar ficam comprometidos.

     

    Dor intensa da osteoartrite pode prejudicar desempenho no trabalho

     


    “À medida que a doença evolui, a dor pode se tornar mais intensa e reduzir a capacidade de se movimentar por distâncias mais longas ou permanecer por mais tempo na posição em pé”, afirma o ortopedista e traumatologista Marco Tulio Caldas. Subir e descer escadas também se torna mais difícil, assim como se sentar e levantar de cadeiras.

    Nos quadros agudos de osteoartrite, ficar em pé, mesmo que em períodos curtos, pode ser muito doloroso. Quando o paciente chega a este nível, se afastar do trabalho e de outras atividades que possam dificultar o tratamento e o alívio da dor é uma opção que deve ser considerada. Assim, a adoção das medidas será mais eficaz e o tratamento pode ser feito com mais rapidez.

     

    Rotina no trabalho não deve sobrecarregar as articulações

     


    Para que o paciente continue trabalhando sem prejudicar o sucesso do tratamento, é necessária uma revisão minuciosa das necessidades de locomoção e de postura, tanto no deslocamento de casa até o local de trabalho quanto nas dependências internas. “Para quem tem
    osteoartrite nos joelhos, é fundamental evitar subir e descer escadas. Se existir elevador, opte por usá-lo”, aconselha o especialista.

    É essencial também evitar se agachar ou se ajoelhar e buscar sempre cadeiras ergométricas, ou seja, que permitam apoio da região lombar, além de mantê-las em uma altura adequada para o apoio dos pés. “Nos casos em que o uso do computador é necessário, é preciso manter a tela na altura dos olhos, o que favorece o bom alinhamento da coluna cervical”, destaca Caldas, que recomenda também não carregar peso, evitar esforços repetitivos e fazer exercícios leves, em intervalos de duas a três horas para alongar os músculos.

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes