search
    Título

    Febre: Por que esse sintoma causa calafrios no paciente?

    Cuidados e Bem-estar
    Gripe e resfriado

    Por Dr. Caio Matsubara

    3 de abril de 2018

    A febre consiste na elevação da temperatura corporal acima de 37,8ºC e possui diversas causas. A mais conhecida e temida é a infecção, mas esse sintoma também tem relação com inflamações, doenças crônicas autoimunes e uso de medicações. É comum a febre ser acompanhada de calafrio, que são contrações rápidas e involuntárias dos músculos, gerando uma sensação de arrepios pelo corpo.

    Febre nem sempre cursa com calafrio


    “Durante a febre causada por infecção, algumas substâncias, chamadas de pirógenas, são liberadas na corrente sanguínea e atingem o centro da temperatura, localizado no hipotálamo, e ajustam essa espécie de termostato para cima. Em resposta a esse reajuste da temperatura,
    nosso corpo tenta produzir calor, por isso ocorrem os calafrios”, explica o clínico geral Caio Matsubara.
    O calafrio é um mecanismo natural do corpo para gerar calor quando sente frio. Quando o corpo não está exposto a um ambiente particularmente frio, costumam indicar a presença de febre. “Nem toda febre irá cursar com calafrio. Isso vai acontecer apenas se houver ajuste no termostato cerebral, ou seja, dependerá da causa da febre”, explica Matsubara.

    Tratamento para febre e calafrios


    Quando o calafrio se faz presente, é aconselhado se agasalhar e medir a temperatura para conferir se há febre.
    Caso a temperatura corporal esteja de fato elevada, deve-se tomar um banho morno e evitar permanecer em locais quentes. Caso os calafrios se mantenham constantes, recomenda-se procurar um médico para investigar se há algum quadro mais complexo por trás do sintoma.
    O uso de remédios para febre ajuda a controlar a temperatura elevada e as demais sensações associadas, como o calafrio. “Os medicamentos para febre atuam inibindo a ação das substâncias pirógenas no centro regulador da temperatura, voltando o termostato para a temperatura normal. Assim, ocorrem efeitos reversos no organismo, visando a perda do calor acumulado, tais como suor, rubor facial e vasodilatação, o que leva à queda da temperatura”, completa o médico.
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Tags
    calafrios
    febre
    gripe
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes