AchèAchè
    search
    Título

    Como evitar erros ao tentar cortar os cabelos em casa?

    Uncategorized

    Por

    Em tempos de isolamento social, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), todos precisam descobrir formas de seguir a rotina mesmo sem sair de casa. As compras de mercado são pedidas pela internet, o trabalho é feito em casa, as consultas médicas são realizadas por ligações de vídeo e assim por diante. Até mesmo hábitos e tarefas mais simples entram nessa conta, como fazer as unhas ou cortar os cabelos em casa.

    Por mais que algumas pessoas nesse período de quarentena estejam optando por deixar o cabelo crescer, muitas outras têm ficado incomodadas com o tamanho ou com a falta de corte nos fios. Afinal, pintar, alisar, cortar e tratar o cabelo são práticas do dia a dia que mexem muito com a autoestima, o que tem tudo a ver com saúde mental. Mesmo que pareça algo pequeno e supérfluo perto do que o mundo vive hoje, conseguir manter o corte de cabelo em casa pode ser um alento para muitos confinados e uma forma de ocupar o tempo.

    Corte frequente ajuda a revitalizar os fios

    Além disso, cortar o cabelo é fundamental para manter a saúde dos fios, pois ajuda a renová-los e a revitalizá-los. Como as pontas costumam ficar mais desgastadas e ressecadas do que a raiz pela maior exposição ao sol e ao vento, é bom cortá-las de três em três meses, pelo menos, para manter a vitalidade do cabelo. Seguir essa prática permite que os fios cresçam com mais brilho, força e maciez.

    Cortar os cabelos em casa requer calma e paciência

    Contudo, é preciso ter bastante cuidado na hora de cortar os fios, pois sem ter a técnica correta para executar a tarefa, qualquer movimento brusco pode causar danos, o que também pode afetar significativamente a autoestima e a saúde mental. O primeiro passo é fazer os movimentos bem lentamente para conseguir prestar bastante atenção e não errar o corte. Isso vale tanto para tesoura quanto para máquina. Nesse sentido, também é bom mexer o rosto e o corpo o mínimo possível.

    Tenha em mãos instrumentos adequados

    Outro cuidado importante é optar por uma tesoura com um bom corte. Usar uma tesoura qualquer pode comprometer o resultado, pois esses instrumentos não garantem a assertividade e a eficácia necessária. Utilizar uma tesoura adequada ajuda a não estragar os fios com várias tentativas de corte em um mesmo ponto.

    Evite cortar o cabelo sujo e seco

    Antes de pegar na tesoura, é interessante garantir que o cabelo esteja limpo e úmido, pois isso ajuda a manter os fios comportados, com o comprimento bem definido. Quando o cabelo está seco e sujo, os fios tendem a ficar mais rebeldes, fugindo do controle da tesoura, o que pode deixar o corte desnivelado em alguns pontos. Entretanto, não é necessário tomar banho e molhar totalmente o cabelo. Algumas borrifadas de água nos fios são suficientes. Vale lembrar que manter os cabelos sujos é ruim para a saúde dos fios, já que o acúmulo de sujeira e excesso de oleosidade estão relacionados ao surgimento de caspa.

    “A higienização ineficaz desta área está relacionada com a piora do quadro, mas não é considerada causa. As causas mais frequentes da caspa são o excesso de oleosidade no couro cabeludo, a proliferação de fungos, umidade no cabelo, lavagens com água muito quente, predisposição genética, acúmulo de produtos cosméticos no couro cabeludo e entre os fios e ingestão de álcool”, afirma a dermatologista Manuela Boleira.

    Agora que você já conheceu os principais passos para cortar o cabelo sozinho, é hora de colocar a mão na massa. Tenha paciência, cuidado e não se esqueça de ficar de frente para um espelho. Boa sorte!

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes