search
Título

Como agem os remédios usados no tratamento da obesidade?

Cuidados e Bem-estar
Emagrecimento

Por

A obesidade é uma doença crônica que precisa ser tratada para evitar o surgimento de outros problemas de saúde, como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. O tratamento passa pelo uso de medicamentos e pela obtenção de um déficit calórico, ou seja, o corpo deve gastar mais calorias do que ganhar, o que promoverá a perda de peso. Porém, na prática, essa perda não é constante e tende a ser mais rápida na fase inicial. Entenda o motivo!

Remédios usados no tratamento da obesidade vão reduzir o seu apetite


“A tendência é de que a velocidade da perda de peso diminua até se estabilizar. Isso ocorre por que a redução inicial da ingestão de calorias desencadeia mecanismos compensatórios no organismo que estimulam a ingesta alimentar e reduzem o gasto energético”, afirma a endocrinologista Daniele Zaninelli. É aí que entram os medicamentos específicos para o
tratamento da obesidade.
“Os medicamentos são capazes de atuar sobre esses mecanismos, inibindo o apetite ou estimulando as respostas de saciedade, entre outros efeitos. Por isso, são ferramentas importantes no manejo do sobrepeso e da obesidade“, explica a médica.

Uso de remédios torna tratamento da obesidade mais eficaz


Segundo a profissional, quando você usa os remédios as chances de perda de peso aumentam consideravelmente quando comparado aos resultados obtidos apenas com dietas,
reeducação alimentar e atividades físicas. Há ainda outros benefícios, como lembra Daniele: “Estudos já deixaram claro que a perda de peso diminui o risco e melhora a evolução de todas as doenças que podem ter como base o excesso de gordura corporal. Quanto mais peso se perde, melhores costumam ser os resultados”.

Acompanhamento médico é fundamental para a perda de peso


Talvez seja necessário que o tratamento dure por um longo tempo, prazo que será definido durante o seu acompanhamento clínico. Consultas médicas frequentes são indispensáveis para que ajustes no tratamento sejam feitos sem atrasos. É importante destacar ainda que a interrupção do uso dos medicamentos sem autorização médica pode levar à recuperação do peso e a uma piora dos níveis de glicemia e colesterol.

Dra. Daniele Zaninelli é endocrinologista formada pela Universidade Federal do Paraná e atua em Curitiba. CRM-PR: 16876 – facebook.com/dradaniele.zaninelli
Foto: Shutterstock

Newsletter
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes