AchèAchè
    search
    Título

    A puberdade precoce sem tratamento pode gerar problemas no futuro?

    Distúrbios do Crescimento

    Por

    De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, puberdade precoce é o quadro no qual crianças manifestam antes do normal características típicas dessa fase de transição entre infância e adolescência. Esse problema provoca sintomas que podem se perpetuar no resto da vida do indivíduo, por isso o tratamento adequado deve ser adotado o quanto antes. 

    Complicações da puberdade precoce


    “A puberdade precoce é definida pelo
    aparecimento das características sexuais antes dos oito anos nas meninas e antes dos 9 anos nos meninos. É importante que os pais e pediatras estejam atentos aos sinais, como início das mamas e pêlos (meninas) e aumento dos testículos e pêlos também no caso dos meninos”, informa a pediatra Cintia Lago.

    Segundo a especialista, a puberdade precoce pode causar menarca nas meninas e baixa estatura em ambos os sexos, o que pode impactar toda a vida adulta dos pacientes, caso o tratamento adequado não seja adotado desde o início dos sintomas, ainda na infância. A atenção dos pais a esses sinais é crucial para que seja possível obter diagnóstico e tratamento rápidos.

    Tratamento contra puberdade precoce


    Caso seu filho apresente sintomas suspeitos, o indicado é levá-lo ao médico especialista (endocrinopediatra) para que ele, primeiro, analise o quadro. Caso haja confirmação do transtorno, deverá ser indicado um tratamento pautado em bloquear o eixo hormonal do paciente, para impedir a progressão das características sexuais. 

    Mais precisamente, esse tratamento se baseia no uso de medicamento aplicável (injeção) com substância capaz de inibir a liberação de hormônios sexuais. A aplicação, normalmente, é mensal ou trimestral e é indicada até o momento em que a criança atingir a fase da puberdade (por volta dos 12 anos de idade), para que, aí sim, o desenvolvimento possa ocorrer no período correto.   

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria: 

    https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/desenvolvimento/puberdade-precoce/

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes