AchèAchè
    search
    Título

    A osteoartrite pode ser identificada por meio de radiografias?

    Doenças dos Ossos

    Por

    A osteoartrite é uma doença degenerativa caracterizada pelo desgaste da cartilagem articular. A Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) estima que, a partir dos 75 anos, 85% das pessoas apresentam sintomas ou alterações em suas radiografias. No entanto, somente 30 a 50% desses indivíduos queixam-se de dores crônicas.

    Sintomas podem aparecer em pacientes com radiografias sem alteração


    A reumatologista Licia Mota afirma que as radiografias e, em alguns casos, outros exames de imagem como a ultrassonografia, a ressonância magnética e a tomografia podem demonstrar alterações da cartilagem, mas nem sempre há uma correlação clínica, ou seja, sintomas no corpo. 

    “Muitas vezes, as evidências aparecem em pacientes mais velhos sem que isso tenha uma correlação clínica, ou seja, você pode ter alterações radiográficas sem sintomas. E o contrário também, você pode ter uma radiografia com pouca alteração e um paciente com muitos sintomas. Não existe, portanto, necessariamente uma correlação entre a intensidade das alterações radiográficas e aquilo que se apresenta como sintomas”, explica a médica.

    Confira os sintomas mais frequentes da osteoartrite


    Entre os sintomas mais comuns da osteoartrite estão as dores e inchaços nas articulações, rigidez e dificuldade de locomoção. As dores se intensificam durante atividades físicas e melhoram no repouso e geralmente são mais acentuadas durante o fim do dia e pela manhã, ao acordar.
    Estalidos e crepitações, que são sensações de fragmentos soltos nas articulações, causado pelo atrito dos ossos, também são comuns, mas nem sempre são indícios do problema. Esses sinais podem aparecer em pessoas que não tem osteoartrite, por isso é necessário o acompanhamento de um especialista.

    Para tratar e prevenir o avanço da doença, além do tratamento medicamentoso, que ajuda a frear o processo de desgaste da cartilagem, medidas simples como a prática de exercícios de leve intensidade auxilia nas dores e no fortalecimento muscular, melhorando a qualidade de vida do paciente.


    Dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR):
    https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/osteoartrite-artrose/

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes