A suplementação da vitamina E pode ajudar a combater o envelhecimento celular precoce?


  • +A
  • -A

O corpo necessita de uma série de nutrientes para se manter saudável. Boa parte dessas substâncias é adquirida por meio da alimentação, mas nem sempre o organismo as recebe em quantidades suficientes. Para compensar essa falta, é possível recorrer à suplementação alimentar, que ajuda a manter o corpo com os níveis recomendados de vitaminas e outros nutrientes, sempre com o acompanhamento de um especialista.

A suplementação da vitamina E, por exemplo, pode ajudar a combater o envelhecimento celular precoce. De acordo com o nutricionista João Henrique Rodrigues, o envelhecimento é um evento que pode estar relacionado à presença e à atuação dos radicais livres, atingindo de forma direta e constante as células e tecidos do organismo.

 

Vitamina E pode ajudar a prevenir Alzheimer e Parkinson

 


“A vitamina E possui a capacidade de atuar como quelante das substâncias oxidantes, impedindo a propagação das reações em cadeia induzidas pelos radicais livres e, assim, atuando na proteção contra o envelhecimento celular”, afirma o especialista. A suplementação pode funcionar como um recurso importante para atingir a recomendação diária de vitamina E.

Porém, o envelhecimento precoce não é o único problema que pode ser prevenido com a suplementação do nutriente. “Em caso de deficiência significativa, há aumento no número de radicais livres, favorecendo não apenas o processo de envelhecimento, mas também o aparecimento de doenças como mal de Parkinson, acidente vascular cerebral, mal de Alzheimer, esclerose múltipla e catarata”, alerta Rodrigues.

 

Alimentos com excesso de açúcar e gorduras podem contribuir para o envelhecimento precoce

 


A
 vitamina E na alimentação pode ser encontrada na gema do ovo, cereais integrais, óleos vegetais e sementes. O consumo de alimentos com enzimas antioxidantes na composição e com outros nutrientes, como vitamina C e A, também auxiliam a barrar o envelhecimento precoce. Por outro lado, frituras, embutidos, alimentos com excesso de açúcar e carnes com excesso de gorduras devem ser evitados porque contribuem para o aumento dos radicais livres, estimulando o envelhecimento.

 

Dr. João Henrique Rodrigues é nutricionista formado pelo Centro Universitário UNA e atua na Clínica Bruno Vargas em Belo Horizonte (MG). CRN-MG: 15095

 

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
suplementos
vitamina-e

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A suplementação da vitamina E pode ajudar a combater o envelhecimento celular precoce?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.