Por que a obesidade aumenta o risco de diabetes?


  • +A
  • -A

A obesidade é uma doença crônica capaz de provocar uma série de complicações no corpo que reduzem a qualidade de vida, como uma maior propensão ao desenvolvimento de problemas cardiovasculares. Além disso, a doença é considerada o principal fator de risco para o surgimento de distúrbios metabólicos, sendo o diabetes o mais importante.

“O índice de massa corporal tem uma forte relação com o diabetes e a resistência à insulina. Em indivíduos com excesso de peso, substâncias pró-inflamatórias e outras substâncias envolvidas no desenvolvimento da resistência à insulina são encontradas em maiores quantidades”, afirma a endocrinologista Daniele Zaninelli.

Problemas nas células produtoras de insulina aumentam risco de diabetes


A resistência à insulina é característica do tipo 2 do diabetes e está ligada às células beta pancreáticas, responsáveis pela produção do hormônio. “Sabe-se que quando as células beta pancreáticas são saudáveis, existe uma resposta adaptativa à resistência à insulina, o que permite manter a glicose sanguínea em níveis normais”, diz a médica. Já o declínio contínuo da função dessas células precede o
surgimento do diabetes tipo 2.

No entanto, a especialista afirma que há uma grande parte de pacientes obesos que não desenvolve hiperglicemia, mesmo resistente à ação da insulina. Esta situação é explicada pela necessidade de haver um fator de risco genético que comprometa o funcionamento das células beta pancreáticas e que, assim, leve ao desenvolvimento do diabetes.  

Pessoas magras também podem ter diabetes


É importante mencionar ainda que, além do peso, o tipo de distribuição da gordura corporal é outro fator determinante para o diabetes. “Indivíduos cuja distribuição de gordura é mais periférica (quadril e pernas) têm maior sensibilidade à insulina do que os indivíduos cuja distribuição de gordura é mais central (abdômen e tronco)”, alerta Daniele.

A solução, portanto, é procurar um médico e um nutricionista para perder peso com saúde, mesmo os pacientes que já têm diabetes. Segundo a endocrinologista, o excesso de peso está associado à piora dos índices de resistência à insulina e dos níveis glicêmicos e pacientes nos estágios iniciais da evolução do diabetes tipo 2 são os que mais se beneficiam dos efeitos perda de peso sobre o controle glicêmico.

Dra. Daniele Zaninelli é endocrinologista formada pela Universidade Federal do Paraná e atua em Curitiba. CRM-PR: 16876 – www.facebook.com/dradaniele.zaninelli

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
diabetes
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que a obesidade aumenta o risco de diabetes?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.