Quais são as possíveis complicações de uma infecção pelo herpes?


  • +A
  • -A
Imagem do post Quais são as possíveis complicações de uma infecção pelo herpes?

O herpes é uma infecção causada pelo vírus herpes simples e causa coceira e vermelhidão antes de provocar bolhas e feridas na área dos lábios ou na região genital. O vírus é transmitido pelo contato direto com as lesões, com a secreção oral e, menos frequentemente, com objetos infectados.

A infecção causada pelo vírus, caso não seja tratada, pode levar a algumas complicações. “As complicações mais frequentes do vírus herpes simples são infecções de repetição que podem chegar a atrapalhar o cotidiano e infecções secundárias da lesão. Nesses casos, uma bactéria infecta por cima da úlcera viral, aumentando o tamanho e a dor”, explica a infectologista Keilla Freitas.

 

Herpes oferece mais risco a pacientes imunodeprimidos

 


Pacientes imunodeprimidos precisam redobrar a atenção com relação ao herpes. Segundo o infectologista Fernando Maia, o vírus pode infeccionar o cérebro, condição conhecida como encefalite, e pode causar ainda pneumonia, esofagite e colite. “O risco de complicações aumenta nas infecções repetidas, embora elas estejam relacionadas à imunodepressão. Na maioria das pessoas, essas complicações não aparecem”, afirma o especialista.

Para Keilla, a principal forma de controlar a infecção é investigar o que está provocando problemas na imunidade a ponto de levar às infecções de repetição e tratar as causas. A profissional diz que cansaço, ansiedade, estresse, depressão e sono de má qualidade já são suficientes para o surgimento da infecção de recorrência, mas o diabetes e o vírus do HIV também devem ser investigados.

 

Lisina pode ajudar no tratamento do herpes

 


É importante realizar todas as medidas recomendadas pelo médico para o tratamento e, assim, impedir o surgimento das complicações e reduzir o número de crises. Medicamentos antivirais podem ser usados por via oral ou endovenosa. Outras medicações também podem ser indicadas para diminuir a coceira e tornar mais rápida a cicatrização das lesões. Recomenda-se ainda a suplementação ou o consumo de alimentos com lisina, como carnes, ovos e leite, já que esse aminoácido atua diretamente na replicação viral e pode reduzir e até mesmo suprimir manifestação do herpes.

 

Dra. Keilla Mara de Freitas é formada pela Escola Latino-Americana de Medicina, com residência médica em Infectologia pela UFMG e atua em São Paulo. CRM-SP 161392 – Site oficial

 

Dr. Fernando Luiz de Andrade Maia é formado pela Universidade Estadual do Pará e com residência médica em Infectologia pela Universidade Federal do Pará e atua em Maceió (AL). CRM-AL: 3767 – Site oficial

 

Foto: Shutterstock

TAGS
herpes
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são as possíveis complicações de uma infecção pelo herpes?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.