Artrose: Quais são as principais causas e sintomas? Como funciona o tratamento? Saiba mais!


  • +A
  • -A
Imagem do post Artrose: Quais são as principais causas e sintomas? Como funciona o tratamento? Saiba mais!

A artrose, também conhecida como osteoartrite ou osteoartrose, é uma doença degenerativa crônica que afeta as cartilagens, estruturas que impedem o atrito entre os ossos, especialmente nas articulações. A artrose não pode ser totalmente revertida, mas o tratamento adequado é capaz de amenizar os sintomas e retardar o avanço do desgaste. O quadro pode se estabelecer em pessoas de todas as idades, mas é mais comum a partir dos 50 anos, resultado do desgaste natural do corpo.

 

Causas da artrose

 


Um fator óbvio para o surgimento da artrose é o desgaste das articulações pelo envelhecimento, já que ela se manifesta mais em pessoas idosas. Contudo, existem outras causas que influenciam no estabelecimento do quadro, tais como a sobrecarga das articulações em função de algum trabalho ou atividade em que se tenha que agachar e levantar objetos pesados com frequência. O sobrepeso é outra causa importante, já que provoca um maior desgaste das articulações, especialmente das pernas e coluna.

Esportes que exigem muito de determinadas articulações e com constantes movimentos de torção também contribuem para o desenvolvimento da artrose, especialmente em atletas profissionais e amadores.

 

Principais sintomas da artrose

 


Os principais sintomas da artrose são dor articular, dificuldade em realizar movimentos, inchaço e rigidez nas articulações. É comum também que o paciente sinta queimação na região afetada e perceba rangidos durante a movimentação das áreas afetadas. Naturalmente, todos esses sinais influenciam negativamente na qualidade de vida e tendem a piorar com o passar do tempo, se a doença não for tratada.    

“Quando presente na coluna vertebral, em casos muito avançados, a artrose pode causar alterações neurológicas chamadas de radiculopatias periféricas”. Este problema consiste na destruição de nervos da coluna e pode levar à perda da força muscular e da sensibilidade. Todos esses riscos mostram que o tratamento é fundamental não apenas para amenizar os sintomas, mas também para evitar complicações ainda piores.

 

Tratando a artrose

 


O tratamento da artrose se baseia no uso de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos para reduzir as dores, inflamação e incômodos articulares em geral, especialmente na fase aguda da doença, quando a dor é muito forte, e na prática de exercícios físicos de intensidade moderada e fisioterapia. Estas atividades devem ser realizadas diariamente para estimular a movimentação e o fortalecimento das articulações. Evidentemente, exercícios mais intensos devem ser evitados justamente para não sobrecarregar os locais já comprometidos.

Para o controle da doença, são usados os medicamentos condroprotetores, que ajudam a estabilizar o quadro e desacelerar o desgaste articular. “Estudos científicos têm demonstrado benefícios da combinação da glicosamina e condroitina na redução da dor e melhoria da mobilidade articular em pacientes que fazem uso contínuo deles”, afirma o ortopedista Paulo Roberto Dias.

 

Práticas para evitar o desenvolvimento da artrose

 


É importante ainda que o paciente adote algumas práticas rotineiras para evitar piora dos sintomas, colaborando, assim, com o tratamento. Essas mesmas práticas devem ser adotadas também por quem não tem a doença, pois ajudam a diminuir as chances de seu desenvolvimento. Controlar o peso, evitando a obesidade, manter sempre uma postura corporal correta, descansar e evitar levantamento excessivo de peso e exercícios repetitivos são hábitos recomendados.     

 

Dr. Guilherme Maretti Franco de Campos é ortopedista formado pela Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) e atua em Mogi Mirim (SP). CRM-SP: 135610

Dr. Paulo Roberto Dias dos Santos é ortopedista formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e atua em Osasco e São Paulo. CRM-SP: 33269

Foto: Shutterstock

TAGS
dor-nas-costas
dor-no-joelho
ossos
osteoartrite

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

32 comentários para "Artrose: Quais são as principais causas e sintomas? Como funciona o tratamento? Saiba mais!"

Sonia

Nossa! Matéria excelente! Descobri, agora mesmo, que tenho artrose.Obrigada pelas informações!

Cuidados Pela Vida

Olá Sonia, obrigada pelo elogio. Abraços.

Fernando

Parabéns pelas explicações muito abrangentes

devani

agradeço pela informação, estou com constantes dores no ombro e braço tbm perdi a forçamuscular e sinto dormença nas mãos penso que seja artrose.

Cuidados Pela Vida

Oi Fernando, ficamos felizes que você tenha apreciado a matéria. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Devani, o ideal é consulta um médico para que ele confirme o diagnóstico e prescreva o tratamento caso seja necessário. Abraços.

Kátia matos de Sousa

Olá boa tarde! Sou a Kátia e tenho ernia de disco e artrose nas articulações tudo degenerativa e não tenho acompanhamento cm nenhum ortopedista,tenho 36 anos meus dedos das mãos as juntas dói muito e ficam inchados !

Cuidados Pela Vida

Oi Kátia, é importante que você realize uma consulta com o especialista para que possa prescrever o tratamento ideal para o seu caso. Abraços.

Gemison

Sinto dor no meu joelho direito pelos sintomas acredtito q seja artrose!!! Mas dó tenho 30 anos!!

Joana pereira

Tenho artrose na coluna cervical joelho e tenho perda de movimentos dos braços tenho muitas dor to no INSS a quase um ano será que eles me aposenta tenho 48 anos

Cuidados Pela Vida

Oi Gemison, ao realizar uma avaliação com o médico especialista ele poderá realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Joana, você pode verificar com o médico do trabalho ou com um perito do INSS se o seu quadro pode ser indicativo para aposentadoria. Abraços.

Ana Cristina Mendes da Silva

Descobri a dois dias q estou com esta doença atravez do RX. estou desesperada de tanta dor.. Meu joelho nem dobra devido as dores..Favor se tiverem dica me ajudem pois as dores sao terriveis.

Lucilma

No momento estou ha dez dias mancando com dores e inchaço no joelho. O médico disse que é artrose. Tenho 48 anos.

Deize

Eu fazia academia ano passado e sai no fim do ano, mas sinto que acabri com a cartilagem do meu joelho Eu vou me abaixar, andar ou qualquer movimento que elr range e estrala, e sinto muita dor na sola do pé assim que acordo. Eu to assustada pois só tenho 19 anos… o que fazer para fortalecer?

Cuidados Pela Vida

Olá Ana Cristina, de acordo com o ortopedista Mateus Saito, as dores podem ser controladas com medicamentos e, principalmente, exercícios físicos e mudanças de hábitos do dia a dia, dependendo do grau de desgaste das articulações. Realize uma consulta com o médico especialista para que ele possa indicar o tratamento adequado para o seu caso. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Deize, realize uma consulta com o médico especialista, ele poderá avaliar os seus sintomas e indicar a conduta adequada. Abraços.

Luciana

É muita dor,quadril pulso cotovelo juntas dos dedos ombro etc…o que faço procuro que tipo de ajuda por favor,me ajude.

Cuidados Pela Vida

Oi Luciana, você pode realizar uma consulta com o reumatologista. Melhoras.

Célia

Depois de acordar várias vezes inchada,fui ao médico e os exames deu artrose. Doi muito as articulações,as mãos estão deformando,que faço para impedir isso? sapato salto posso usar?

Cuidados Pela Vida

Oi Célia, o tratamento da artrose se baseia no uso de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos para reduzir as dores, inflamação e incômodos articulares em geral. Verifique com o médico que a diagnosticou, o tratamento indicado para o seu caso. Abraços.

catarina oliveira

olá boa noite eu tenho andado com dores ni meu joelho esquerdo e cada dia que passa doi muito mais é que depois fico com dores no joelho e na perna toda até as costas e vi que os sintomas que li são iguais aos que eu tenho mas meu medico disse que não pode ser atrose porque só tenho 32 anos que sou muito nova que não idade para ter atrose mas também não me mandou fazer exames sera que sou muito nova pra ter atroso? minha mãe também tinha e foi operada pode ser guenetico?

ester emiliano de godoi

Minha mãe tem artrose nas pernas, e varias partes do corpo, agora ela esta sentindo muitas fraqueza nas pernas fez exames de sangue para saber se esta com anemia mais não esta, o exame deu tudo ok.Sera que essa fraqueza pode ser da artrose?

Cuidados Pela Vida

Oi Catarina, o quadro de artrose pode se estabelecer em pessoas de todas as idades, mas é mais comum a partir dos 50 anos, resultado do desgaste natural do corpo. Se o seu médico disse que você não tem a doença, ele provavelmente tem razão, mas se for te fazer sentir mais tranquila, você pode procurar uma segunda opinião médica. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Ester, somente um médico examinando mais próximo, poderá indicar o que está ocasionando os sintomas. O ideal é que sua mãe realize uma consulta com o médico ortopedista. Melhoras para ela.

HELENEUDa Ferreira dos Santos

E possível ser artrose quando todas as articulações estão inchado muito quente e dores insuportáveis cotovelo juelho coluna caucanhar punho das mãos e todos as juntas dos dedos ?

Cuidados Pela Vida

Oi Heleneuda, os principais sintomas da artrose são dor articular, dificuldade em realizar movimentos, inchaço e rigidez nas articulações. É comum também que o paciente sinta queimação na região afetada e perceba rangidos durante a movimentação das áreas afetadas. Realize uma consulta com o ortopedista para que ele possa avaliar os seus sintomas. Abraços.

luciene ricarte

qual autoria desse conteudo?

Deraldina rosa jonas

Sinto muita dor no joelho e nós pés meu joelho é inchado pode ser artrose

Cuidados Pela Vida

Oi Luciene, a matéria é de autoria do Programa Cuidados pela Vida, com participação dos profissionais: Dr. Guilherme Maretti Franco de Campos –
ortopedista formado pela Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) e do Dr. Paulo Roberto Dias dos Santos – ortopedista formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Deraldina, é complicado diagnosticá-la apenas com essas informações. É necessário realizar avaliação com o médico especialista para que ele possa realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Laís

undefined

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.