O que são a serotonina e a dopamina? Qual a função delas no cérebro?


  • +A
  • -A
Imagem do post O que são a serotonina e a dopamina? Qual a função delas no cérebro?

A serotonina e a dopamina são neurotransmissores que têm diversas funções no corpo, colaborando para que todo o organismo funcione adequadamente. Seu papel no cérebro é atuar na transmissão de dados entre os neurônios, levando informações de um lado para o outro.

Níveis baixos de serotonina podem gerar sintomas da depressão


“A serotonina é um dos neurotransmissores mais importantes para nosso cérebro e regula não só nosso humor, sua função mais conhecida e estudada, como também regula o ciclo do sono, apetite, desejo sexual e memória, direta ou indiretamente”, afirma a psiquiatra Cláudia Chaves. A falta de serotonina no cérebro pode causar sintomas de ansiedade e depressão
, junto com a falta de balanço de outros neurotransmissores.

Por outro lado, o excesso de serotonina no cérebro ocorre apenas de forma artificial, decorrente do uso de algumas substâncias, como anfetaminas e cocaína, e do uso inadequado de medicações psiquiátricas, sem acompanhamento médico. Alguns medicamentos utilizados para o tratamento da depressão e de transtornos de ansiedade melhoram a ação do neurotransmissor e ajudam a reduzir os sintomas dessas doenças.

Já a dopamina é produzida em áreas específicas do cérebro. “Está presente no local que controla emoções, como o sistema de recompensa cerebral (quando sentimos prazer por fazer algo que gostamos, nos dá sensação de bem-estar), e em centros que controlam nossos movimentos musculares, memória e capacidade de aprendizagem, além de algum efeito sobre o nosso humor”, explica a profissional.

Excesso de dopamina está ligado à esquizofrenia


Assim como no caso da serotonina, alterações na quantidade de dopamina também podem alterar o funcionamento do cérebro. “A principal
causa da esquizofrenia aceita atualmente é a teoria dopaminérica, em que há excesso de dopamina numa área cerebral, o que leva às alucinações, delírios e desorganização, além de um declínio na dopamina na via responsável pela lentificação dos pensamentos presente na doença”, diz Cláudia.

Além disso, a falta de dopamina, segundo estudos, está relacionada a dificuldades de concentração, alterações no sono, alteração de libido e de humor e ainda há a possibilidade de estar envolvida em quadros de impulsividade e agressividade. Outras pesquisas sugerem que dietas ricas em tirosina podem promover mudanças na quantidade de dopamina produzida. Entretanto, com a exceção do uso de medicações, ainda não existem formas ativas cientificamente comprovadas de mudar esses neurotransmissores.

Dra. Claudia Chaves Dallelucci é médica psiquiatra, formada em Medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e mestranda em Psiquiatria pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). CRM-SP: 151077

Foto: Shutterstock

TAGS
ansiedade
depressao
esquizofrenia
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "O que são a serotonina e a dopamina? Qual a função delas no cérebro?"

Cláudia

Isso tudo e verdade acontece tudo comigo obrigada por ajudar a entrnder o que si passa comigo

Cuidados Pela Vida

Olá Cláudia, ficamos felizes que tenha gostado. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.